Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Vereador quer reduzir número de parlamentares na Câmara Municipal de Caxias do Sul

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Ricardo Daneluz propõe que Legislativo caxiense seja composto por 17 vereadores. Atualmente são 23

Foto: Gabriela Bento Alves

Diminuir de 23 para 17 vereadores na Câmara Municipal de Caxias do Sul. Esta é a proposta do vereador Ricardo Daneluz (PDT), que busca apoio de 12 parlamentares para protocolar o Projeto de Emenda a Lei Orgânica do Município na Casa Legislativa.

Conforme Daneluz, o principal objetivo da proposta é reduzir os gastos da Câmara de Vereadores, sem comprometer o trabalho desempenhado pelo Legislativo caxiense. “O principal objetivo seria uma economia de aproximadamente R$ 2,5 milhões por ano, o que em quatro anos daria um total de R$ 10 milhões de economia. E com essa minha vivência de mais de dois anos na Câmara, tenho certeza de que o trabalho não será prejudicado devido a essa alteração do número de vereadores”, pontuou.  

O número de vereadores que devem compor as Câmaras Municipais está previsto no Artigo 29, IV, da Constituição Federal. Conforme a lei, municípios com 450 mil até 600mil habitantes, como é o caso de Caxias do Sul, poderiam ter até 25 vereadores; atualmente a Câmara Municipal possui 23. E 17 vereadores seriam referentes a cidades de 80 mil até 120 mil habitantes. Porém, segundo Daneluz, a Legislação estabelece critérios para o máximo de vereadores, o que não impede de os municípios fazerem a redução do número de parlamentares. “Essa legislação não traz o número mínimo, mas sim o número máximo de vereadores, então, não quer dizer que tenha que se operar com esse número. Na minha opinião, 17 seria um número bom para fazer um trabalho que é relativo ao vereador; comportaria bem para o município de Caxias do Sul”.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, Daneluz reconheceu o desafio de conquistar apoio de seus colegas parlamentares para protocolar o projeto e leva-lo à tramitação na Casa. Mas, disse que não abrirá mão de sua ideia, alegando que o projeto corresponde também à vontade da população.  

“A gente está buscando isso, por mais que estamos vendo que é algo bastante difícil conquistar essas 12 assinaturas. Mas, não vamos desistir porque uma grande parte da sociedade também quer e clama pelo enxugamento da máquina pública”, salientou.

A definição se o projeto terá ou não apoio suficiente para ingressar na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul deverá ocorrer já na próxima semana.

Ouça no link acima da foto. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais