Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Radar das Eleições: Novo constrói programa de governo baseado na livre iniciativa e candidato a prefeito deve sair neste ano

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

O oitavo episódio da série traz a vontade da sigla em deixar seu nome na primeira participação em eleições na cidade caxiense

Foto: João Amôedo/Divulgação

A oitava sigla entrevistada pelo “Radar das Eleições” é o Partido Novo. A legenda existe em Caxias do Sul desde 2017 e será a primeira vez que vai participar das eleições municipais. Para o ano que vem, a vontade está em encabeçar uma chapa ao Executivo apenas com filiados ao partido.

O objetivo ainda não foi alcançado, mas o Novo tem um nome: o do ex-coordenador de núcleo da sigla, Marcelo Slaviero. Ele finalizou o processo seletivo que avalia o perfil de pré-candidatos à Prefeitura caxiense, apenas falta o retorno quanto a sua aprovação nesta fase. O procedimento deve terminar em dezembro deste ano, quando terá a nominata de postulantes para ser escolhida na Convenção Municipal.

Mesmo que o Executivo seja um desejo, a legenda acredita que neste pleito não usará as coligações como forma de fortalecer o nome do seu candidato. O atual líder municipal do partido, Marcelo Ayala, afirma que alianças serão efetuadas se o coligado reunir os mesmos valores do Novo. Para ele, nenhum está disposto a deixar de utilizar o fundo partidário ou efetuar processo seletivo para escolha dos seus candidatos.

“O Novo não se opõe a coligações desde que sejam feitas com partidos que compartilham dos mesmos princípios, valores e práticas. Por exemplo, não faz sentido me aliar com siglas que não fazem o processo seletivo como a gente ou que usem do fundo partidário.”, avalia.

O próximo passo também está em andamento, que é a montagem do plano de governo. Ao longo de 2019 o Novo organizou sete grupos de trabalhos com mais de 100 pessoas para construir o programa, ouvindo diversos setores da comunidade caxiense, como sindicatos patronais, instituições de ensino e profissionais do poder público. A preparação iniciou em março deste e deve ser finalizada em dezembro. As propostas centrais se concentram na otimização dos recursos públicos e no emprego das Parcerias Público-Privadas (PPP). Ayala ainda afirma que a cidade necessita melhorar o ambiente para os negócios.

“Precisamos melhorar o ambiente de negócios na cidade. Quando falo disso, não foco só em empresas, mas também nas pessoas. Isso passa por licenciamento ambiental e por regularização fundiária, para que possam melhorar suas casas por meio de reformas. É o chamado capitalismo na veia, que é o direito a propriedade para que a pessoa consiga evoluir. A gente também tem visto Caxias [do Sul] perder empresas para outras cidades da região. É lastimável e precisamos reverter esse quadro.”, explica.

Em relação ao Legislativo, o partido vai esperar a finalização do processo seletivo a prefeito para iniciar esta fase com os postulantes ao cargo de vereador, que deve ocorrer neste mês. O entendimento é lançar candidatos com ideias ligadas a livre iniciativa, como a favor de privatizações e da redução da carga tributária.

(Ouça as entrevistas no "Ouvir notícia" abaixo da manchete).

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais