Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Aprovado o requerimento para a construção do Porto de Arroio do Sal

por Pablo Ribeiro

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) aprovou o requerimento na última quinta-feira (04/04), durante reunião de diretoria colegiada

Imagem panorâmica do projeto do Porto Meridional em Arroio do Sal.
Foto: DTA – Engenharia Portuária & Ambiental/Divulgação

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) aprovou, na última quinta-feira (04/04), durante reunião de diretoria colegiada, o requerimento da empresa Porto Meridional Participações S.A., visando a obtenção de autorização para construção e exploração do porto em Arroio do Sal, no Litoral Norte gaúcho, para fins de movimentação e armazenagem de granel sólido, granel líquido/gasoso, carga geral e carga conteinerizada.

O relator do processo, Caio Farias apresentou parecer favorável ao processo, sendo acompanhado pelos demais membros da diretoria. De acordo com informações prestadas à ANTAQ, o terminal portuário terá investimento inicial de R$ 1,28 bilhão.

O presidente da Frente Parlamentar em Apoio à Implantação do Porto Meridional, Issur Koch (PP) acompanhou a reunião de forma online.

O projeto inicial contempla um terminal de uso privado do tipo onshore, com capacidade de recebimento estimada em 40 mil toneladas. A obra também incluirá um calado inicial de 17 metros que permitirá a recepção de embarcações de grande porte, a exemplo dos cruzeiros marítimos.

O projeto do Porto Meridional já conta com as licenças da Marinha do Brasil, da Secretaria Nacional de Porto e da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, aguardando ainda a licença do IBAMA para a instalação no município, entre os balneários Rondinha e Jardim Olívia Norte.

Conforme a empresa DTA – Engenharia Portuária & Ambiental, o empreendimento deve alcançar investimentos próximos de R$ 6 bilhões, planejado para atender às demandas da região Norte do Estado, podendo criar cerca de 3 mil empregos diretos e outros 10 mil indiretos. Em escala de produção, a capacidade prevista é de movimentar anualmente 30 milhões de toneladas/ano, podendo aportar grandes embarcações, além de navios de carga e cruzeiros.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais