Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Caxias do Sul reivindica testagem em massa para identificar casos da Covid-19 entre funcionários

por Isadora Helena Martins

Categoria reforça pedido após morte do primeiro trabalhador metalúrgico, registrada nesta quarta-feira (24)

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Caxias do Sul voltou a reivindicar a testagem em massa dos funcionários para identificar a presença da Covid-19. A medida busca trazer mais segurança para a categoria, já que são mais de 30 mil colaboradores atuando nas empresas metalúrgicas da cidade.

Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, o presidente da entidade, Assis Melo, salientou que a reivindicação ocorre desde março, quando o vírus chegou na cidade. Porém o pedido se tornou ainda mais urgente quando foi registrada a primeira morte de um metalúrgico que ainda estava na ativa. Trata-se de Olinto Nunes Xavier, 54 anos, soldador das empresas Randon. Ele estava internado no Hospital Círculo e faleceu nesta quarta-feira (24). “A nossa posição vem desde março. A posição que o importante é defender a vida dos trabalhadores. E nós lamentamos a morte de um trabalhador metalúrgico pela Covid-19, então isso só vem reforçar a nossa reivindicação de fazer a testagem em massa”.  

Na tarde desta quinta-feira (25) representantes do Sindicato estiveram reunidos com o Ministério Público do Trabalho, Secretário Municipal da Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro e representantes de outras categorias para alinhar a reivindicação. Conforme Melo, foi fechado um acordo na reunião de que o Sindicato patronal terá até o início da semana que vem para apresentar alguma proposta de ação referente a testagem dos trabalhadores.

O líder sindical ainda reivindicou mais transparência nas informações referentes a doença. “Há um temor das pessoas pela doença, pela questão do desemprego, então, é preciso sim que haja uma maior transparência dos dados, nas informações, para que, não só nós do Sindicato, mas que a sociedade caxiense possa ter uma tranquilidade maior e tenha conhecimento para tomar as medidas de precaução que são de caráter individual”, salientou. Ouça a entrevista completa AQUI.    

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais