Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Estudantes caxienses organizam protesto contra queimadas na Amazônia

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

Ação ocorre neste sábado (24/08), às 15h30min, na Praça Dante Alighieri

Foto: EBC
Foto: Divulgação

As queimadas na Amazônia ganharam repercussão, nesta última semana, por conta de imagens que mostram o bioma afetado pelo fogo, tornando-se a maior intensidade de incêndios florestais nos últimos sete anos. Para corroborar, dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgados no último dia 19/08, apresentam que as queimadas em território brasileiro aumentaram 82% em relação ao período de janeiro a agosto do ano passado.

Pensando nisso, jovens de Caxias do Sul planejaram uma manifestação em defesa ao meio ambiente para este sábado (24/08), às 15h30min, na Praça Dante Aligheri. A organização fica por conta das estudantes, Priscila Lima e Laura da Cruz, que tiveram a ideia a partir da falta de ações afirmativas sobre o tema, procurando mobilizar e conscientizar a comunidade caxiense. É o que afirma a estudante Priscila. “A iniciativa partiu de mim e da Laura por causa de um sentimento de não poder fazer nada e ver tudo acontecer. E, infelizmente, quem tem o poder na mão não está fazendo nada. Por mais que o nosso protesto seja apartidário, a gente tá buscando a conscientização e a iniciativa das pessoas, porque iniciativa é mudança.”, declarou.

Apoio de outras categorias

O evento ocorre em conjunto com outros protestos pela Amazônia, que vai reunir cerca de 40 cidades brasileiras e manifestações pela Europa. Para mobilizar Caxias do Sul, Priscila conta que foi realizado um evento no Facebook, que já reúne 431 pessoas confirmadas. Porém, elas também recebem o apoio do Levante Popular da Juventude, da União Caxiense dos Estudantes Secundaristas (UCES) e do vereador Alberto Meneguzzi. A estudante ainda comenta que a divulgação ocorreu na Escola José Ótão, onde as duas estudam, e em movimentos culturais da cidade. “Começamos com o evento no Facebook. Depois, passamos em todas as salas da escola no turno em que estudamos, que é a manhã, falando sobre o ato e convidando os alunos. Além disso, a gente está passando em uns movimentos culturais para aviso e apoio.”, confirmou Priscila.

Para Priscila, mesmo que vão apenas 10 pessoas à manifestação, já são mentalidades mudadas em razão de uma causa. “A nossa intenção não é ficar famosa, queremos que o máximo de pessoas se conscientize para aquilo que é o mais importante: o mundo.”, completou a estudante.

O protesto começa às 16h e tem previsão para acabar ás 19h. O ponto de encontro é na Praça Dante Alighieri.


(Ouça a notícia abaixo do título da matéria).

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais