Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Câmara solicita informações à Prefeitura de Caxias do Sul sobre manutenção do projeto Conviver

por Isadora Helena Martins

Secretária do Esporte e Lazer garante a continuidade das atividades e diz que turmas foram ampliadas

Foto: Divulgação / Mateus Argenta

O requerimento que solicita informações à Secretaria de Esporte e Lazer de Caxias do Sul sobre a manutenção do projeto Conviver foi aprovado na Câmara de Vereadores durante a sessão desta quinta-feira (17). O documento foi protocolado logo após manifestações dos participantes do projeto, que ocorreu no último dia 24 de setembro. Na ocasião, os idosos foram até a prefeitura e à Câmara Municipal para pedir o retorno de professores, dos passeios e a garantia da continuidade do projeto. Como explica o presidente da Comissão do Idoso da Câmara, vereador Felipe Gremelmaier (MDB), o pedido de informações vem a atender essa demanda: “A gente está solicitando quem são os professores atuais, por que aconteceram as trocas, como está sendo mantida a qualidade do serviço, quantos grupos existem... Todas as informações técnicas sobre o projeto para saber se ele vai ter diminuição e perda na qualidade. O principal objetivo é ver se vai ter a manutenção da qualidade do serviço que impacta mais de 3,5 mil pessoas em Caxias do Sul”.  

Questionada sobre uma possível diminuição do projeto Conviver, a secretária do Esporte e Lazer de Caxias do Sul, Márcia Rohr da Cruz, garantiu a manutenção das atividades e disse que as turmas estão sendo ampliadas: “Em nenhum momento o nosso governo municipal teve a intenção de fazer algum tipo de regresso das atividades que são oferecidas para os idosos ou qualquer faixa etária. Quando eu retornei para a secretaria nós tínhamos 76 grupos, agora temos 80 grupos. É um sinal de que nós somente ampliamos, não temos mais lista de espera, todos os idosos estão alocados em grupos”, salientou.

Márcia também afirmou que a Smel está promovendo passeios com os usuários e atividades especiais neste mês do idoso. Ela ainda disse que a mudança de professores foi necessária porque alguns profissionais solicitaram a troca de secretaria e por conta da adequação de horários.

Com o pedido de informações da Câmara, a Smel terá 30 dias para repassar os dados oficiais sobre o projeto Conviver, que completa 21 anos de existência em 2019.

Ouça AQUI.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais