Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Problemas na entrada dos pavilhões da Festa da Uva geram protestos de visitantes

por Tales Giovani Armiliato

Na noite desta sexta-feira (08), milhares de pessoas que compraram ingresso para o evento ficaram do lado de fora. Houve protestos e princípios de confronto com seguranças e policiais militares

A noite de sexta-feira (08) previa um grande público nos Pavilhões da Festa da Uva, o que de fato aconteceu, inclusive com um enorme congestionamento de veículos até a chegada ao Parque de Exposições Mário Bernadino Ramos. Entretanto, o que não era esperado e acabou se confirmando foi a situação negativa que deixou milhares de pessoas sem acesso a entrada do evento junto ao pórtico dos Pavilhões. A chuva que foi intensa na noite desta sexta-feira também pegou milhares de pessoas de surpresa e causou ainda mais  transtornos e dificuldades para as pessoas se locomoverem no local.   

Gritos de protestos contra os organizadores da Festa pedindo respeito com quem havia adquirido o ingresso para a entrada no Parque e passaportes para os shows nacionais da noite (Ala Vip), eram ouvidos por todos os lados. Palavras de ordem como “queremos entrar, caso contrário vamos invadir”, e ainda, “estamos sendo desrespeitados. É uma vergonha”, fizeram parte do canto de inúmeras pessoas que, ao comando da segurança interna, não conseguiram entrar na área de shows. De acordo com os seguranças e integrantes da Brigada Militar, a entrada foi impedida porque o local estava completamente lotado e não existia viabilidade, nem segurança de mais pessoas acessarem o local.

De acordo com uma moradora de Gravataí, que não quis se identificar à reportagem da Tua Rádio São Francisco, e que comprou junto com a família cinco ingressos para a Ala Vip dos shows de Anitta e Zé Neto e Cristiano, todos que ficaram de fora observaram em Caxias do Sul um verdadeiro absurdo nunca visto. Segundo ela, ao chegar na cidade serrana, indícios já apontavam que a noite não seria agradável como o previsto por todos que se deslocaram da Região Metropolitana. De acordo com a funcionária pública, o congestionamento de veículos, fiscais de trânsito perdidos sem saber o que fazer pela grande movimentação, provocaram uma grande desilusão em quem esperava muito da organização do evento. “Uma festa sem planos de atuação para enfrentar possíveis problemas que poderiam surgir com o grande movimento de pessoas. Gastamos para ver nossos ídolos na música e encontramos somente desrespeito e humilhação”, completou a mulher de 40 anos, acompanhada dos familiares.

Os portões do parque foram fechados por volta das 22h, conforme informações das pessoas que tentavam ingressar no evento. Para evitar confrontos, a Brigada Militar foi chamada e organizou barreiras contendo os ânimos das milhares de pessoas que não conseguiram entrar para os shows. Na resposta dos seguranças do evento, a indignação ficava ainda maior: “Estamos fechando a entrada para acesso a pista livre para os shows. Recebemos a informação de que não existe possibilidade de ninguém mais entrar em virtude de a lotação máxima já estar esgotada no pavilhão dos shows, conforme o que prevê o Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI) do Corpo de Bombeiros”. Apesar da explicação, a reportagem da Tua Rádio São Francisco constatou que muitas pessoas, mesmo com o ingresso para a Ala Vip dos shows, não conseguiram adentrar nem ao menos a entrada principal do Parque.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Festa Nacional da Uva 2019, a organização do evento deve se reunir neste sábado para realizar um levantamento de todos incidentes que ocorreram na noite desta sexta-feira. A previsão é de que, ainda neste sábado, a presidência da Festa emita uma nota com a posição oficial dos organizadores.  

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais