Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Prefeitura de Caxias tem prejuízos de mais de R$ 30 mil a cada troca de tubulações obstruídas pelo lixo

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Segundo secretário de Obras, Leandro Pavan, esse é um problema recorrente no município

Foto: Divulgação / Francisco Gomes

O descarte incorreto de lixo pode gerar muito mais problemas do que a poluição, mau cheiro, ou proliferação de animais transmissores de doenças. Quando os resíduos não tomam o destino correto eles podem parar nas tubulações de esgoto e causar danos sérios para todo o município. Esse tem sido um problema frequente em Caxias do Sul, como explica o secretário de Obras, Leandro Pavan.

“O descarte incorreto do lixo ele acaba obstruindo a rede de drenagem da água da chuva e de esgoto misto, que tem água da chuva e esgoto juntos. Então, às vezes, um tubo obstruído pode alagar um bairro inteiro. E lugares que nunca alagaram na vida podem encher de água de uma hora pra outra”.

Na última semana, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Smosp) precisou substituir 10 metros de canos totalmente obstruídos por lixo, na Rua da Vitória, no loteamento Canyon. Os servidores encontraram diversos tipos de resíduos seletivos e orgânicos, que estavam impedindo a passagem da água. O secretário Pavan, garante que todo o tipo de material é encontrado nas tubulações: “A gente já encontrou pedaços de carros, troncos de árvores inteiros, sofás, tudo o que pode imaginar. Nas galerias menores, o mais comum são as garrafas pet, pedaços de lona, sapatos, até animais mortos encontramos dentro das galerias”. Pavan ainda ressalta que em casos extremos, a obstrução das tubulações podem até causar erosão do solo e derrubar residências.

Além de causar transtornos para os moradores, o entupimento das tubulações também traz prejuízos para os cofres públicos e prejudica a execução dos serviços da Smosp em outras áreas da cidade. Em média, um único serviço de desentupimento dos canos custa mais de R$ 30 mil, considerando material, maquinário e pessoal.

A comunidade também pode contribuir para amenizar o problema. Além de tomar os cuidados necessários no destino dos próprios resíduos, é possível auxiliar na fiscalização e denunciar casos de descarte incorreto de lixo pelo Alô Caxias, no número 156.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais