Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Motorista de aplicativo é encontrado morto na Linha Cedro em Encantado

por Eduardo Cover Godinho

Celso Antônio Gasparetto, 57 anos, foi localizado com disparos de arma de fogo na altura da cabeça

Policiais e colegas de aplicativo localizaram o corpo em uma área verde
Foto: Henrique Pedersini/Rádio Encantado

Policiais da Brigada Militar (BM), de Encantado, e da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Encantado, com apoio de motoristas de aplicativo de Guaporé, localizaram sem vida na segunda-feira, dia 21 de setembro, por volta das 11h, o corpo do motorista profissional de Guaporé desaparecido há mais de 20 horas. Celso Antônio Gasparetto, 57 anos, estava com perfurações provocadas por disparos de arma de fogo (acredita-se que de Pistola 9mm) na cabeça. Ele foi deixado, provavelmente levado pelo (s) criminoso (s), em uma área verde (mato) na Linha Cedro, proximidades de onde o aparelho celular da vítima havia sido encontrado.

Gasparetto não mantinha contato com os familiares desde as 14h30min do domingo, dia 20, quando, conforme informações, havia saído para efetuar uma “corrida”. Motorista profissional, o guaporense atuava para o aplicativo Way RS e era muito bem quisto na comunidade. O automóvel Chevrolet Cobalt, placas IYB-3E21, cor preta, foi localizado, por populares que informaram a Brigada Militar (BM), na subida da Lagoa da Garibaldi, na estrada São José. O carro, que estava fechado e com as portas destravadas, apresentava danos no farol direito e no parachoque traseiro esquerdo. O aparelho celular estava jogado em um mato na Linha Cedro, próximo a praça de pedágio administrada pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

Os registros das ocorrências (localização do veículo, celular e corpo) foram efetuados na Brigada Militar (BM) e na Polícia Civil. A Delegacia de Polícia (DP), de Encantado, sob comando do delegado Augusto Cavalheiro Neto, é a responsável pela investigação do crime e deve contar com apoio dos agentes da DP de Guaporé. A polícia busca saber a motivação do homicídio, já que bens materiais como o automóvel e celular da vítima não foram levados.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Garibaldi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais