Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Polícia Civil prende suspeitos de extorquir família do bairro Chico Mendes

por Delegado Anderson Silveira de Lima

Dívida por tráfico de drogas é o principal motivo da extorsão

Três pessoas foram presas pela Polícia Civil

A Polícia Civil, pela DP Vacaria e DPCA Vacaria, apoio do Conselho Tutelar local, efetivou a prisão de três pessoas que estavam extorquindo uma família, inclusive com vítimas adolescente, por dívidas decorrentes de tráfico de drogas.

Segundo a investigação, os três presos nesta quinta-feira, 23/05, juntamente com Maicon, atualmente preso por tráfico de drogas, estavam extorquindo uma família inteira, residente no bairro Chico Mendes. Eles  ameaçam matar todos e obrigando-os fazer empréstimos ou entregar a própria casa para quitar uma dívida de drogas de mais de três mil reais. Ainda segundo apurado, o próprio Maicon também ligava de dentro do presídio para ameaçar a família. As ameaças de morte e extorsão estavam ocorrendo há mais de 15 dias, e a família vítima já tinha feito um empréstimo para pagar a dívida, sendo tal cancelado por interveniência da polícia civil.

A prisão ocorreu na manhã desta quinta-feira, 23/05, por volta das 11h, quando policiais civis, integrantes da SI-DP e DPCA Vacaria, deram cumprimento a mandado de busca e apreensão e mandados de prisão preventiva na residência dos suspeitos.

Os presos são Eloir, 54 anos, com antecedentes criminais por furto qualificado (dez vezes), crimes de trânsito (cinco vezes), tráfico de drogas e receptação dolosa; Dhulia, 27 anos, sem antecedentes criminais e Marcos, 38 anos, com antecedentes criminais por desobediência (duas vezes) e receptação dolosa (duas vezes). 

A Polícia Civil além da extorsão à idosa de 69 anos, da qual eram exigidos valores e a própria casa,investiga também ameaças à mãe de outro usuário devedor, agressões, incluindo fratura de outro, apropriação de cartões de benefício e auxílio de familiares de usuários de droga. Além disso também está sendo apurado até um suicídio, em dezembro do ano passado, de um homem, dependente químico, que já havia entregue o carro ao grupo liderado por Maicon. São cinco inquéritos policiais recentes. A prisão foi decretada pela Juíza titular da Segunda Vara Criminal, atendendo representação do Delegado de Polícia.

Os presos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Vacaria e irão responder a inquérito policial por crime de extorsão majorada, ficando sujeito a penas que podem chegar de seis a quinze anos de prisão.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais