Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
18:00:00
Encontro Certo
19:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Após 1 ano de caso Paula, autores envolvidos no crime seguem presos

Baixar Áudio por Mariana Teixeira

O crime foi relembrado pela comunidade soledadense

Delegada Regional Fabiane Bittencourt
Foto: Paulinho Paes

Paula Schaiane Perin Portes, de 18 anos, foi vista pela última vez no dia 10/06/2020, fazendo com que na data de ontem, 10/06/2021, um ano da morte da soledadense fosse relembrado.

Para tanto, a Delegada Regional Fabiane Bittencourt esteve na Tua Rádio Cristal, contando sobre os detalhes da elucidação deste crime. “Esta morte teve uma repercussão nacional, fazendo com que ainda haja pessoas ameaçadas por saber detalhes, uma tentativa de homicídio de testemunha que sobreviveu, e que mais tarde faleceu por causas de saúde e outros crimes interligados com esta morte”, relata Fabiane.

Segundo Bittencourt a Polícia tinha a convicção de que iria achar o corpo. “Tínhamos uma equipe de 8 pessoas somente para focar na localização do corpo da Paula, além de mais colegas esporadicamente, portanto havia esta certeza de que acharíamos o corpo. O local onde encontramos foi de difícil acesso, o que comoveu todos”, frisa a Delegada.

Algumas questões ainda ficaram abertas, como o carro que transportou o corpo da Paula, do qual nunca foi localizado, e que agregaria mais no que já foi comprovado. O telefone da Paula também nunca foi localizado, não podendo ser obtido as informações relevantes que foi o motivo de sua morte, conforme a chefe da Polícia Civil da região. Por fim, Fabiane ainda acredita que não há outros envolvidos no crime, além dos que foram identificados.

 

Relembre o caso

Segundo a polícia, ela estava com as amigas momentos antes de desaparecer. Em depoimento, elas relataram que estavam juntas, mas que depois de uma troca de mensagens Paula saiu.

De acordo com as investigações, a jovem foi até outra casa onde estariam cinco homens. Dois deles foram ouvidos na ocasião e disseram às autoridades que, depois de meia hora, Paula foi embora, dizendo que iria se encontrar com outro rapaz. Os suspeitos foram identificados através de imagens de câmeras de segurança.

As imagens também revelaram que Paula foi carregada, aparentemente inconsciente, deste imóvel em que foi deixada por amigas para o interior de um automóvel, ainda não identificado, por quatro destes cinco indivíduos", informou a polícia.

No final do mês de julho de 2020 a Polícia Civil criou uma força tarefa para localizar o corpo de Paula. Seis policiais, sendo dois de fora da cidade, trabalharam exclusivamente no caso.

No dia 4 de agosto de 2020, a polícia encontrou em um açude a bolsa de Paula. O corpo foi encontrado no dia 17. De acordo com a polícia, a causa da morte foi asfixia e a suspeita é de queima de arquivo.

No início do mês de setembro de 2020, a polícia indiciou 5 pessoas pela morte da jovem. Quatro foram indiciados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e organização criminosa e um quinto homem, que não teve pedido de prisão preventiva, vai responder por ocultação de cadáver e organização criminosa. Além de Micael, três seguem presos.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais