Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Reunião da FAMURS com municípios debate estiagem

por Mariana Teixeira

Demandas serão enviadas ao Estado e União para soluções que combatam a estiagem

Reunião FAMURS
Foto: Assessoria AMASBI

A Famurs promoveu na manhã de segunda-feira (10/1) uma reunião para debater a estiagem que assola centenas de municípios gaúchos. O encontro contou com a participação dos presidentes das associações regionais, Secretaria de Agricultura e Ministério da Agricultura, senadores, deputados, entidades representativas do agronegócio e, de forma virtual, os prefeitos gaúchos.

A presidente da Associação dos Municípios do Alto da Serra do Botucaraí (AMASBI), Marilda Borges Corbelini, esteve participando do encontro.

Na oportunidade, os presentes realizaram um debate para buscar soluções rápidas para os municípios atingidos pela estiagem. Para analisar o atual cenário no estado, a coordenadora coordena a Sala de Situação da Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), Catia Valente, apresentou características da estiagem e do déficit hídrico, acumulado desde janeiro de 2021, e as probabilidades de chuva e temperatura para os próximos meses.

Representando o governo do Estado, a secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, frisou o trabalho e ações da secretaria junto às entidades representativas e governo federal e detalhou as próximas atividades do programa Avançar na Agricultura. O secretário adjunto da pasta, Luiz Fernando Rodrigues Junior, aproveitou a ocasião para falar sobre a atividade de irrigação no RS e informou sobre a execução das 6 mil microaçudes, 750 poços artesianos e 750 caixas d’água previstos no programa, além de 15 a 20 conjuntos de escoamento.

Ao fim da reunião, ficou definido que a Famurs encaminhará aos governos do Estado e federal um documento contendo os pontos discutidos e sugestões apresentadas na reunião, a fim de tornar o tema uma pauta permanente.

Ao avaliar o encontro, Marilda ressalta que a reunião abordou a atual situação dos municípios em relação à estiagem, onde a perda do milho é quase que total e a da soja é em torno de 40 e 60%. “A secretária Silvana falou sobre iniciativas e programas do Governo do Estado para que os municípios possam colocar cisternas, caixas d’água e possam fazer a aquisição de maquinários para açudes”, explanou.

Ela também destaca que durante a reunião a Associação dos Agricultores expôs que o maior problema está na legislação, pois não deixa aproveitar as águas de Áreas de Preservação Permanente (APP) e de locais que possuem banhados. “Ou seja, essa água não consegue ser usada para irrigação, e isso dificulta bastante”, lembrou.

O encontro contou com a participação dos presidentes das associações regionais, Secretaria de Agricultura e Ministério da Agricultura, senadores, deputados, entidades representativas do agronegócio e, de forma virtual, os prefeitos gaúchos.

A AMASBI é composta pelos seguintes municípios: Alto Alegre, Barros Cassal, Campos Borges, Espumoso, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Ibirapuitã, Itapuca, Mormaço, Nicolau Vergueiro, São José do Herval, Soledade e Tio Hugo.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais