Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

No Dia Internacional da Mulher a abordagem de suas conquistas e seus direitos

por Marcus Vinicius Prates de Souza

A presidente da Comissão da Mulher Advogada, Felipa Ferronato dos Santos participou da reportagem

Felipa Ferronato dos Santos.
Foto: Letícia Nunes/Tua Rádio Cristal.

No Dia Internacional da Mulher, a Tua Rádio Cristal abordou a importância da celebração deste dia. Esta data, permite ressaltar e lembrar as conquistas sociais, políticas econômicas das mulheres ao longo dos anos.

Conforme Felipa Ferronato dos Santos, presidente da Comissão da Mulher Advogada foram várias as conquistas com o passar do tempo. “Em termos históricos, são várias as conquistas, foi em 1962 que a mulher casada deixou de ser uma pessoa incapaz, em 1977 que tivemos a lei do divórcio, em 2006 temos a criação de uma lei muito importante, que é a Lei Maria da Penha, além de muitas outras conquistas”.

Uma das maiores conquistas relacionadas à mulher, foi a criação da Lei Maria da Penha que visa principalmente estipular punição adequada e coibir atos de violência doméstica contra a mulher.

“A Lei Maria da Penha é uma lei muito completa e que tem por objetivo a proteção da mulher nos mais diversos âmbitos de violência. Aqui nós lembramos da violência física pois é a mais exposta pela mídia. Esta é uma lei multidisciplinar, pois prevê o tratamento da vítima e também do agressor”.

Quanto a esta legislação, ainda se ressalta a importância do funcionamento da rede de apoio, assim como também de toda uma sociedade. “Aqui em Soledade temos esta rede, mas claro sempre necessitando ser fortalecida e aperfeiçoada. Precisamos de uma casa de acolhimento por exemplo, pois nem sempre o judiciário defere as medidas protetivas”.

A presidente da Comissão da Mulher Advogada, Felipa Ferronato dos Santos, destacou que além da casa de acolhimento é necessário que a mulher vítima de violência possa ser atendida psicologicamente. “Para a nossa realidade deveria ser muito importante a criação também de um Centro de Referência de Atendimento à Mulher. Portanto, estas políticas públicas contribuem muito para o fim da violência”.

Felipa concluiu sua participação abordando ainda questões relacionadas a igualdade de gênero, a importância destas práticas desde a infância e as altas posições sociais e profisisonais alcançadas pelas mulheres.

Acompanhe a entrevista.

https://www.facebook.com/tuaradiocristal/videos/455317919037714

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais