Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Corsan realiza substituição de mais de 2 mil metros de tubulação em ruas e avenidas de Soledade

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Tubos antigos de amianto foram trocados pelo PVC que é mais resistente

A Corsan vem realizando importantes obras em Soledade, recentemente fez a substituição de mais de 2 mil metros de tubulação de rede para distribuição de água na área central do município. Os tubos antigos, todos em amianto, foram substituídos por PVC um material mais durável, com isso trazendo maiores benefícios para a população, especialmente para a saúde, pois a exposição ao amianto esta relacionada à ocorrência de diversas doenças, incluindo o câncer.

Camila Mello, chefe da unidade de saneamento da Corsan, informou que as obras foram concluídas na Avenida Pinheiro Machado, na Rua Rio Branco, Avenida Maurício Cardoso e Rua Bento Gonçalves (entre a Rua Cel. Falkembach e Avenida Farrapos) e que só foi mais fácil conseguir a substituição da rede porque a administração municipal de Soledade faria o trabalho de capeamento asfáltico nos locais já citados.

Cabe a estatal fazer o trabalho de substituição de redes de amianto gradativamente, evitando novas rupturas e por consequência não ter que futuramente quebrar o asfalto novo para a realização de concertos.

A obra foi possível a partir de uma parceria entre a Corsan e a prefeitura, que entrou com a disponibilização do maquinário e alguns funcionários que aplicaram a mão-de-obra.

Sobre as obras da adutora que no momento estão interrompidas, a gestora do escritório da Corsan em Soledade destacou que como os tubos estão dispostos ao longo da BR-386, agora com a concessão da rodovia federal passou para a CCR ViaSul, com isso a estatal precisou conseguir novamente todas as licenças para realizar a obra, porém a burocracia no país fez com que a demora na aprovação do novo contrato travasse a obra.

Passado este período e tendo os documentos em mãos, foram surpreendidos por uma cobrança de aluguel imposta pela concessionária responsável pela rodovia, eis um novo impasse, e agora as tratativas ocorrem na intenção de resolver o imbróglio.

A obra deve ser retomada ainda no ano de 2020, dependendo do resultado da negociação com a CCR ViaSul, disse Camila.

Ouça a entrevista com Camila Mello, na íntegra, no player de áudio acima.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais