Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Jovens sem comorbidade: perfil de pacientes internados com Covid-19 tem mudado no Hospital de Soledade

por Nayam Franco

Cada vez mais jovens têm procurado Hospital Frei Clemente em quadros avançados da Covid-19

Foto: Divulgação

O perfil dos pacientes que tem procurado atendimento médico no Hospital de Caridade Frei Clemente devido a COVID-19 tem mudado nos últimos dias. Hoje o vírus não ataca somente pessoas com doenças crônicas e com sistema imunológico debilitado. Jovens, sem comorbidades, tem procurado o HCFC com um quadro bastante avançado da doença.

Segundo o médico Jorge Eli Theisen, o hospital vive um momento delicado devido ao aumento significativo no número de pacientes e também na gravidade dos casos. “Os pacientes tem nos procurado agora com um comprometimento pulmonar bastante acentuado e que nós não temos mais condições de dar uma medicação e liberar para ir pra casa. São pacientes que chegam aqui em estado grave e precisam de internação”.

Conforme o especialista, estamos vivendo um momento em que não temos capacidade para tratar todos os pacientes que estão aparecendo com COVID no hospital. “Estamos tentando dar todo suporte a estes pacientes, mas temos dificuldade também para atender as outras consultas, porque os atendimentos no hospital continuam da mesma maneira. O pessoal continua procurando o hospital por coisas mais simples e estão se expondo em um ambiente onde tem pacientes com COVID”.

Para o médico, este vírus que tem aparecido nas últimas semanas parece ser mais agressivo. “Até onde dá para entender, parece ser um vírus mais agressivo e que age de forma mais rápida e provoca mais lesões, com resposta mais lenta a medicação”, ressaltou.

A orientação para a população segue a mesma: que não façam aglomerações, usem máscara e álcool gel. Uma outra orientação é para que o paciente procure ajuda médica logo nos primeiros sintomas para que se inicie o tratamento, evitando assim que a doença avance.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais