Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Secretário da Educação do RS se manifesta quanto a possibilidade de fechamento de coordenadorias regionais

Baixar Áudio por Marcus Vinicius Prates de Souza

Processo de escolha de novos coordenadores também é comentado por Faisal Karam

Faisal Karam Secretário de Educação do Rio Grande do Sul.

O Secretário de Educação do Rio Grande do Sul Faisal Karam, em entrevista à Tua Rádio Cristal, fala sobre a possibilidade de fechamento de coordenadorias regionais de Educação do Estado e como se dará o processo de escolha de novos gestores.

De acordo com o Secretário, se hoje perguntássemos  se o governo está de acordo com esta redução do número de coordenadorias, ele responde que sim, porém entre o desejo e realizar, existem diferenças.

"Claro que buscamos uma reestruturação. Hoje o Estado paga aproximadamente R$ 1 milhão e meio em aluguéis de prédios somente para a Educação. Para abrigar coordenadorias são R$ 39 mil mensais".

"Por outro lado, existem locais que hoje não são ocupados, de propriedade do Estado e que poderiam abrigar estas coordenadorias ou escolas de pequeno porte. Hoje estas unidade estão fechadas, não rendendo nada para o Estado. Por isso, da necessidade de todo um levantamento afim da real concretização", declara o integrante do Governo.

Karam comenta o que há de concreto em toda a situação, é o processo seletivo de escolha para os novos coordenadores e adjuntos.

"Foi iniciado há alguns dias atrás o processo através da Fundação Lemann, com a assinatura de um convênio com o Governo do Estado. Tudo isso durará em torno de 120 dias, quando em 2 de julho, os novos gestores serão conhecidos. Sendo que os interessados em preencher as vagas deverão estar inscritos nesta etapa de seleção e devidamente aprovados ".

Questionado a respeito da indicação do PSDB de Soledade para que Henriete Dalla Vecchia, assuma a chefia das atividades da 25ª região estadual de Ensino, o secretário comenta.

"Não sei  exatamente o que foi colocado quanto a qualidade técnica destes profissionais, somente enfatizo que referente as ligações político-partidárias, o nosso Governador já tem conversado com os líderes de bancadas e reafirma que é preciso um processo mais transparente, claro e técnico".

"Não temos mais espaço no Estado para se discutir, o que é de A, de B ou de C. Acredito que desta forma, poderemos ofertar mão de obra muito mais qualificada para determinados cargos em um futuro bem próximo, como é o caso do ano que vem, em que teremos eleições municipais. Estas pessoas, caso não assumam uma chefia de coordenadoria, poderão preencher cargos em secretarias municipais, por exemplo", finaliza.

Faisal Karam

Tem 58 anos e é formado em Administração de Empresas pela Unisinos. Chega ao governo depois de ter vivido por oito anos a experiência de administrar, entre os anos de 2009 e 2016, o município de Campo Bom.

Como prefeito, conduziu uma gestão marcada por resultados expressivos na melhoria da infraestrutura das escolas. Ampliou o acesso, dobrando, por exemplo, a oferta de vagas em Educação Infantil.

No seu período como prefeito, Campo Bom recebeu diversos reconhecimentos no prêmio Gestor Público, sendo que muitos deles foram na área da Educação.

 

 

 

 

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cristal

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais