Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Música e Informação
06:30:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Mulher que tentou se matar e tirar a vida da filha em acidente em Lajeado é presa

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação/Reprodução/Internet

A mulher envolvida em um acidente com a filha de 2 anos, ocorrido em 17 de maio, na BR-386, em Lajeado, foi presa preventivamente na tarde desta quarta-feira (16). Ela é suspeita de ter provocado o acidente, segundo a polícia. Após o ocorrido um vídeo em que ela fala em tirar a própria vida e levar a filha junto viralizou nas redes sociais. Ela inclusive incentivava a filha a dizer que as duas iriam se matar.

A mulher de 34 anos estava internada desde o dia da colisão no Hospital Universitário de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ela passou por uma cirurgia no sábado (12) e teve alta nesta quarta. A polícia já havia pedido a prisão preventiva dela, que foi decretada pela Justiça em 21 de maio. De acordo com o delegado Márcio Moreno, o inquérito será finalizado até o fim deste mês.

Relembre o acidente

Mulher e filha trafegavam em um carro com placas de Cruzeiro do Sul na BR-386 quando teriam batido de frente em uma carreta. Um terceiro veículo, de Ijuí, acabou batendo na traseira do automóvel.

Motorista do veículo com placas de Cruzeiro do Sul, a moradora de Lajeado ficou presa às ferragens e foi retirada pelos bombeiros. A filha dela, uma menina de 2 anos, foi retirada do carro por moradores, com alguns arranhões.

A polícia pediu a prisão preventiva da mulher após investigar as circunstâncias do acidente.

“Ouvimos algumas pessoas no plantão da Polícia Civil e, entre essas pessoas, foi ouvido o pai dessa criança. O pai da menina relata que eles já estão separados há um ano e que agora, então, tem um outro relacionamento e que ela [a mãe da filha] não estaria aceitando esse outro relacionamento que ele estaria mantendo com uma terceira pessoa”, afirmou a delegada Shana Hartz.

Informações: Rádio Uirapuru

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais