Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Brigada Militar agradece apoio de empresários à Segurança Pública

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação

O secretário da empresa Creral, Edilson Guzzo, recebeu na manhã desta sexta-feira (16), do Capitão Vicente Rodrigo Tesche, Comandante da 4° Companhia de Sananduva integrante do 10° Batalhão da Polícia Militar, uma placa que certifica a cooperativa como ‘Empresa parceira da segurança pública’ pela participação no Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública (Piseg – RS) por ter contribuído com parte dos recursos para aquisição de uma viatura.

      “Nós como cooperativa sabemos o quanto é necessário pensar e investir nas cidades onde estamos inseridos, percebemos a importância que programas como o Piseg tem para o desenvolvimento de toda a região, afinal a segurança é, e deve ser tratada sempre como, prioridade”, ressalta Guzzo.

      O capitão Vicente, agradecendo o apoio obtido junto a Creral, explicou que a Brigada Militar de Sananduva deverá receber a nova viatura no mês de maio em razão de toda tramitação legal existente. “Em 2013 através da consulta popular foi a última vez que havíamos conseguido adquirir uma viatura, isso demonstra a dimensão desse projeto e do apoio de parceiros como a cooperativa, que são necessários para que possamos seguir fazendo nosso trabalho com excelência”, conclui.

Sobre o Piseg – RS

      Inédita no Brasil, a Lei de Incentivo à Segurança Pública passou a vigorar no Rio Grande do Sul em 2019, estabelecendo o Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública – PISEG/RS.

      O programa, que é pioneiro no país, tem como objetivo proporcionar parcerias que visem contribuir para uma efetiva prestação de serviço dos órgãos da segurança pública do Estado, uma vez que permite a contribuintes destinar até 5% do saldo devedor em ICMS para aplicação em ações de combate à criminalidade, ou seja valores que serão destinados à compra de equipamentos como veículos, armamentos, munições, capacetes, coletes balísticos, rádios comunicadores, equipamentos de rastreamento, de informática, bloqueadores de celular, câmeras e centrais de videomonitoramento.

Com informações Creral

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais