Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Ciclone extratropical se intensifica e rajadas de vento podem chegar a 110 km/h

por Rudimar Galvan

Rio Grande do Sul está em alerta máximo, segundo a Defesa Civil

Um ciclone extratropical se intensifica em direção ao Rio Grande do Sul, e o Estado pode registrar rajadas de vento de até 110 km/h, entre esta terça-feira, 17/05, e a quarta-feira, 18/05. As rajadas de vento sopram com forte intensidade em boa parte do Estado, especialmente na faixa Leste, deixando o mar agitado.

De acordo com a Sala de Situação, a umidade poderá causar chuva nas maiorias das regiões gaúchas, podendo ser pontualmente forte entre a região Sul e a Região Metropolitana. Também não se descarta a ocorrência de chuva congelada em pontos isolados e de neve nos Campos de Cima da Serra.

Na madrugada de quarta, 18/05, as chuvas pontualmente fortes e as rajadas intensas continuam na faixa Leste, mas gradualmente perdem intensidade, com o deslocamento do sistema para Santa Catarina. A tendência é que o tempo estável volte a atuar na quinta-feira, 19/05. O Estado pode registrar temperaturas baixas ao longo da semana, com previsão de temperaturas mínimas de 3 °C na Serra e 9 °C na região da Campanha.

A Defesa Civil recomenda atenção especial às comunidades em situação de vulnerabilidade social, idosos, enfermos, crianças e animais domésticos. Em alerta máximo para a chegada do ciclone Yakecan em território gaúcho, as autoridades monitoram de perto a trajetória do fenômeno e as informações sobre as forças do vento que vão atingir o Rio Grande do Sul. Os modelos meteorológicos são gerados a partir de supercomputadores, atualizados em períodos específicos de tempo.

Ao confirmar a gravidade do cenário e alertar para a necessidade de adoção de medidas de contenção, a Defesa Civil Nacional confirmou que fará boletins a cada 12 horas com a atualização do avanço do ciclone. Serão estas atualizações que poderão confirmar se o ciclone vai evoluir para um furacão de nível 1, o que também foi confirmado pelas autoridades.

INFORMAÇÕES DA DEFESA CIVIL

Terça-feira, 18h: Nas projeções, o olho do ciclone Yakecan deverá atingir a costa do litoral Sul do estado.

Terça-feira, 20h: No começo da noite, o centro da tempestade estará à leste de Pelotas e Rio Grande.

Terça-feira, 23h: No fim da noite, a ‘parede de nuvens’ no centro da tempestade com vento intenso atinge a região da grande Porto Alegre.

Quarta-feira, 4h: Já na madrugada de quarta-feira, o centro do ciclone deve atingir a costa do Litoral Norte. Após, deve deslocar-se para o mar.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais