Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Sicredi orienta para prevenção de golpes e fraudes bancárias

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação

Preocupada com a segurança de seus associados e da comunidade em geral, a Sicredi Ibiraiaras RS/MG orienta para prejuízos financeiros provocados por golpes e fraudes que envolvem transações de valores na rede bancária, e por isso esclarece sobre possíveis abordagens e quais os verdadeiros procedimentos das instituições.

Seja por meio digital, contato telefônico ou pessoalmente, a maioria das práticas criminosas exploram a vulnerabilidade das pessoas, que são manipuladas a compartilhar informações sigilosas ou efetuar operações equivocadamente, o que torna indispensável a atenção e a desconfiança com determinadas ações. “As ocorrências na nossa região têm aumentado bastante e é fundamental que as pessoas estejam cada vez mais preocupadas com a segurança das suas informações”, alerta a assessora de controles internos da cooperativa, Joara Piva Cristianetti.

Mais comuns atualmente, as fraudes eletrônicas são as que geram maiores perdas. Através de mensagens via SMS, os golpistas enviam um link para atualização de dados, inclusive ameaçando com penalizações e perdas de benefícios. Preocupado com o suposto risco, o correntista conecta a página através do aplicativo móvel ou computador e acaba fornecendo o número da conta e senha.

Joara explica que o Sicredi não envia qualquer tipo de link solicitando atualizações e que as únicas mensagens encaminhadas são de avisos gerais, comunicação institucional e informações de movimentações quando autorizadas pelo associado. De forma alguma são solicitados acesso a links, dados pessoais ou senhas, seja por telefone, e-mail ou smartphone. Na dúvida, é preferível que se entre em contato com a agência antes de efetuar qualquer operação.

Quanto a cartões, Joara lembra que a senha não deve ser repassada a outra pessoa ou armazenada próximo ao cartão. Sempre que constatado extravio ou que se tenha suspeita de fraude, o correntista deve contatar a administradora imediatamente, solicitando seu bloqueio. O Sicredi inclusive oferece um serviço de comunicação de transações via SMS, com o qual é possível monitorar as movimentações. Tal facilidade deve ser solicitada junto ao gerente da conta.

Todas as suspeitas de fraude ou golpe devem ser comunicadas ao gerente da conta e posteriormente reportadas à polícia, inclusive as informações referentes às contas informadas para depósito e os nomes, através das quais é possível se chegar aos golpistas e fraudadores receptores dos valores. Joara reforça: “Nunca forneça dados pessoais por telefone, e-mail ou redes sociais”, lembrando que a cooperativa possui canais de atendimento que facilitam e geram comodidade para realização das transações financeiras e que podem ser utilizados tranquilamente seguindo as dicas de segurança.

Para mais informações, procure sua agência ou acesse: sicredi.com.br/seguranca

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais