Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O golpe está aí! Falsa funcionária de agência bancária aplica golpes por telefone em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

“Compras com o cartão clonado” é a desculpa informada pela estelionatária para colher dados e o próprio cartão das vítimas

A Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, coordenada pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, tem registrado mensalmente dezenas de ocorrências de estelionato. Em 2020, mais de 140 pessoas foram vítimas de golpes aplicados por criminosos e, no primeiro trimestre deste ano, os agentes contabilizam 53 registros (25 só em março). Os números assustam as autoridades e a insistência dos golpistas é constante.

Na semana, mais registros foram efetuados e agora, uma modalidade em especial chama a atenção. Estelionatários estão ligando para a residências das vítimas afirmando serem atendentes do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul). Uma falsa funcionária, que se apresenta como “Amanda Souza”, informa ao correntista que o cartão havia sido clonado e que alguém está efetuando “compras” utilizando-o. Após ganhar confiança, “Amanda” diz que o cartão deve ser bloqueado com urgência e mandará uma pessoa do “Banco” até a casa da vítima para a retirada, sendo que no dia seguinte receberia um novo cartão. Na conversa, todos os dados são solicitados como os números do CPF, Identidade e o endereço.

Um rapaz, não identificado e com aparência de uns 20/25 anos, comparece nos imóveis para retirar os cartões “supostamente clonados”. Uma das vítimas guaporenses entregou dois cartões e, após uma hora, encontrou-se com o vizinho e comentou o fato. Este foi alertado que poderia ter caído em um golpe. Ao procurar a agência do Banrisul recebeu a informação que haviam efetuado um empréstimo, quatro pagamentos eletrônicos (Pix) e dois saques no caixa interno. A estimativa de prejuízo é de aproximadamente R$ 25 mil.

Com detalhes repassados pela vítima, os policiais civis vão tentar identificar os golpistas. Os trabalhos de investigação estão em andamento.

“Fica o alerta para que as pessoas não repassem os dados para pessoas desconhecidas por telefone ou em sites não confiáveis de ‘instituições financeiras’. A cada dia novos golpes estão sendo aplicados pelos estelionatários. Esse é mais um que há tempos está na ‘praça’. Agora, aqui em Guaporé e região, pelos registros e informações recebidas, voltou com força total”, disse o delegado Albuquerque.

Informações

Para colaborar com os trabalhos dos policiais civis, a comunidade pode entrar em contato pelos telefones 197 ou (54) 3443.1123 (Setor de Investigação). A DP de Guaporé disponibiliza ainda um canal de mensagens instantâneas (WhatsApp) para denúncias (54) 9.8409.8348. O sigilo do denunciante é garantido.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais