Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Comunidade se manifesta sobre a concessão da ERS 324 em audiência realizada em Marau

Baixar Áudio por Camila Agostini

Uma nova reunião será realizada no dia 02/05

Foto: Camila Agostini / Tua Rádio Alvorada

A comunidade regional esteve reunida na Casa da Cultura de Marau, na noite desta quinta-feira, 18/04, em audiência pública proposta pela Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa, para debater o projeto de concessão da ERS 324. O encontro proposto pelo deputado marauense Vilmar Perin Zanchin foi prestigiado por lideranças de Marau e também cidades vizinhas que, de alguma forma, também serão impactadas com a obra de duplicação da rodovia que, há muito conhecida pela alcunha de estrada da morte.

Através do Programa RS Parcerias, o estado prevê a concessão da ERS 324 para a iniciativa privada. A estrada será duplicada no trecho entre Passo Fundo e Nova Prata, na extensão de 115 quilômetros. O investimento privado deverá ser de R$ 1,091 bilhão e terá período de concessão de 30 anos. Além da obra de duplicação, a rodovia receberá duas praças de pedágio. Uma delas será no km 195, em Passo Fundo. A outra no km 279, em Nova Bassano.  A tarifa máxima estimada por praça deverá ser de R$ 9,64.

A instalação dos pedágios está entre os itens que mais preocupa lideranças e a comunidade regional. Embora o valor deve ser reduzido por conta de que vence a licitação a concessionária que apresentar menor preço, outras referências ainda precisam de esclarecimentos. Para Zanchin, a população tem pouco tempo para a discussão do assunto já que o estado anunciou que a contratação da concessionária ocorre já no próximo semestre.  “Momento é crucial. Estamos a poucos dias do prazo final para a manifestação popular. E eu sou contra a forma como foi apresentado este projeto. As obras começarão daqui a oito anos. Precisamos de um estudo mais profundo para saber se é realmente isso que a comunidade quer”. Ouça reportagem no player de áudio.

Também esteve presente na reunião, o deputado Sérgio Turra. O parlamentar de Marau defende a discussão do projeto, apesar de entender que contrariar a concessão público-privada não é o caminho mais apropriado. “Agora podemos sonhar com algo efetivamente concreto a partir da concessão. Não há outra alternativa. Mas a parceria público-privada é fundamental para que a ERS 324deixe de ser uma dor de cabeça”. Ouça reportagem no player de áudio.

Presente na audiência, o empresário Fernando Lodi propôs a construção de uma nova rodovia,  entre Passo Fundo e Marau, a partir de estradas vicinais já existentes e que ligam os dois municípios.

O debate oportunizado pela assembleia legislativa teve duração de duas horas. Agora, a população terá uma segunda chance de participar da discussão, no dia 02/05, no Auditório da Biblioteca da Universidade de Passo Fundo (UPF).  O prefeito Iura Kurtz lamentou que o Estado não tenha atendido ao pedido dos marauenses para que a audiência fosse realizada em Marau, município que será fortemente impactado pela concessão.

Além da presença nas audiências públicas, a população também pode se manifestar por e-mail. As opiniões, dúvidas e sugestões devem ser enviadas para [email protected]

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais