Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

PRE de Casca registra acidente com morte na rodovia ERS-324

por Eduardo Cover Godinho

Colisão frontal entre carreta e automóvel vitimou jovem, de 25 anos

Mais uma jovem, com uma longa trajetória de vida pela frente, teve interrompida tragicamente sua história. Com 25 anos, Camila Camargo Vigolo, transitava com um automóvel Fiat/Palio, emplacado em São Domingos do Sul, pela rodovia ERS-324, trecho entre Paraí e Casca, quando colidiu frontalmente com um caminhão trator Volvo/VM 310 4x2 T que traciona uma carreta LS, placas de Araruna (Paraná). O acidente com vítima fatal aconteceu na noite do domingo, dia 9 de maio - Dia das Mães, por volta das 18h30min, na altura do Km 259, proximidades da ponte do rio Carreiro, divisa entre os municípios.

Os policiais do 2º Pelotão Rodoviário Estadual (PRE), de Casca, soldados Verardi e Cláudio, foram comunicados na Central de Operações (Telefone 198) sobre o acidente. A guarnição deslocou-se até o trecho e verificou que o automóvel, conduzido por Camila, estava trafegando no sentido Paraí/Casca quando, por motivos ignorados, acertou a frente do veículo pesado, conduzido por um homem, de 42 anos, que seguia no sentido contrário. Com o impacto, o Palio, completamente destruído, foi arremessado para fora da pista de rolamento. Camila, que estava sozinha no automóvel, infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Os policiais rodoviários ofertaram o teste do etilômetro (bafômetro) que apontou 0,0 mg/l, ou seja, o caminhoneiro não havia ingerido bebida alcoólica. Ele não se feriu e permaneceu no local prestando atendimento e informações aos servidores dos órgãos de segurança pública. O trecho, conforme Verardi e Cláudio, ficou sem trafegabilidade nos dois sentidos da rodovia por longas horas.

Policiais do plantão da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, e peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), de Passo Fundo, foram acionados para o levantamento dos dados que podem identificar as causas da tragédia na rodovia. A Polícia Civil (PC) registrou a ocorrência e abriu inquérito para a investigação de mais um acidente com vítima fatal na ERS-324.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais