Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Polícia Civil e Corpo de Bombeiros encontram pertences de Paula Portes em açude em Soledade

por Marcus Vinicius Prates de Souza

Bolsa com identidade, máscara, cartão bancário, maquiagem, capa e carregador de celular foram encontrados por um mergulhador do Corpo de Bombeiros Militar

Após um trabalho incansável da força tarefa da Polícia Civil, com o apoio da Corporação de Bombeiros desde o início da manhã desta terça-feira, 04/08, em um primeiro momento na comunidade de Margem São Bento, no interior do município e posteriormente no início da tarde deste mesmo dia, em um açude às margens da RSC-153, trevo de acesso à Barros Cassal, e passados quase dois meses desde o sumiço de Paula Schaiane Perin Portes, foi encontrada a bolsa que a jovem usava no dia de seu desaparecimento. Um dos mergulhadores encontrou a bolsa submersa, pois havia duas grandes pedras em seu interior, que continha ainda alguns pertences da jovem, como maquiagem, máscara, identidade, capa e carregador do celular e um cartão de uma instituição bancária em nome da mãe da vítima.

Delegada Fabiane exaltou o trabalho realizado com o encontro dos pertences pessoais que Paula usava na noite do seu desaparecimento, disse que pode parecer pouco, apesar de o corpo ainda não tem sido localizado, mas que é um indicativo de que estão no caminho certo, estão na trilha correta e que irão localizar o corpo, pois a localização dos objetos reforçam a vontade de continuar na busca por Paula. “Sabíamos que o celular não estava neste local e que teria sido descartado em outro ponto que ainda não tem localização exata”, destacou a delegada Fabiane.

No local, foi descartada pela delegada a possibilidade de que o corpo de Paula esteja no mesmo local onde foi encontrada a bolsa. Fabiane destacou ainda de que não será necessária perícia na bolsa, pois já existe a comprovação de que os pertences são de Paula, no entanto a localização dará o reforço a outras provas que já estavam produzidas, no entanto no aspecto técnico e jurídico da investigação essa bolsa é bastante importante e associada a outras provas reforça a autoria do crime.

O trabalho dos mergulhadores da corporação de bombeiros foi vital para encontrar a bolsa, segundo o bombeiro militar Da Silva, foram três tentativas até que ele obteve êxito. O profissional se disse feliz por ter encontrado o objeto, porém chateado por ver o desespero da mãe da vítima no momento em que a mesma viu a bolsa da filha. Salete Canello, advogada da mãe de Paula, disse que foi um trabalho espetacular que trouxe um sentimento de que as coisas realmente estão andando e que será possível punir os responsáveis pelo crime. “É triste, mas ao mesmo tempo reconfortante, é o começo de muitas novidades e nós não vamos parar”, enfatizou.

Veja e ouça todos os detalhes desta operação no Facebook da Tua Rádio Cristal.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais