Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Flagrante do desrespeito ao meio ambiente em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Homem é flagrado jogando lixo em terrenos localizados próximos a antiga Hípica. Moradores estão revoltados com a situação que se repete diariamente

Resíduos sólidos são jogados irregularmente em terreno próximo ao CTG Os Desgarrados
Foto: Divulgação

A falta de respeito com o meio ambiente tem se tornado, infelizmente, uma constante em Guaporé. Resíduos sólidos estão sendo depositados em locais irregulares e diariamente os absurdos são verificados pela população que destina corretamente o lixo. Na segunda-feira, dia 12, moradores da rua Elias Scalco, bairro Planalto, proximidades da antiga Hípica, flagraram um homem jogando lixo em um terreno baldio. A cena tem se repedido e cansados de esperar pelo bom senso e educação de muitos que não respeitam o habitat e ação enérgica e eficiente das autoridades, os residentes próximos procuraram revelar os absurdos cometidos no descarte irregular.

Segundo eles, a prática é comum e nas proximidades do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Os Desgarrados é possível encontrar restos de móveis, malas de roupas, materiais de construção (telhas, tijolos, cimento e madeira), papelão, garrafas plásticas, entre outros resíduos que poderiam ser destinados para aterros ou para a reciclagem.

“É uma falta de educação sem tamanho. Pessoas mal educadas, que quando chamamos a atenção, respondem com grosserias como se estivessem fazendo o descarte correto. Faz tempo que isso acontece e vivemos engolindo desaforos de graça. É roupeiro, roupas, colchão, enfim, um pouco de tudo. Vimos inúmeras pessoas recolhendo esse lixo (móveis) depois do temporal por não ter nada em casa. Esse terreno, pelo que nos falam, é da Prefeitura. É vergonhoso e triste”, desabafou um morador.

Além de fotos, os populares registraram o descarte de diversos materiais em um vídeo. Nele, claramente o homem joga pedaços de madeira no terreno. Ao perceber que estava sendo filmado, faz gestos com a mão como se estivesse desaprovando a atitude.

“O que mais chateia é a falta de bom senso e a educação das pessoas. Não moro mais com os meus pais, mas já ouvi muitas pessoas desrespeitando eles e xingando porque pediam para que o lixo não fosse jogado no terreno”, disse uma jovem que ainda tem seus familiares morando nas proximidades da antiga Hípica.

Segundo o Código de Posturas e Meio Ambiente de Guaporé, há multa para quem for pego em flagrante depositando lixo em locais impróprios. Denúncias podem ser encaminhadas para a Secretaria do Meio Ambiente através dos telefones (54) 3443.5987 ou (54) 3443.6372.

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários