Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Representantes da Defesa Civil e Engenharia falam sobre os trabalhos de recuperação e pedido de Decreto de Emergência, após vendaval

por Valesca Heloisa Andreolli

Prefeitura e Defesa Civil de Serafina Corrêa contabilizam os prejuízos causados no dia 19 de outubro

Equipes da prefeitura trabalharam na retirada nas árvores derrubadas pelo vento e na limpeza do município
Foto: Rádio Rosário

Na madrugada de 19 de outubro ocorreu no Município de Serafina Corrêa um sinistro no perímetro urbano e rural identificado como Vendaval.

Durante os dias 19 e 20 de outubro o Poder Público Municipal, representado pela Secretaria de Obras, efetuou inúmeros atendimentos, disponibilizando lonas e auxílio nas edificações danificadas. Foram efetuados também serviços de desobstrução e limpeza das ruas e praças públicas, incluindo o corte e retirada de inúmeras árvores de grande porte que se encontravam caídas em virtude dos fatos.

Orientados pela Defesa Civil Estadual, os Secretários Municipais e a Defesa Civil Municipal realizam o levantamento dos prejuízos constatados, objetivando dar suporte e justificativa ao decreto de Situação de Emergência, conforme Instrução Normativa 02/2016 do Ministério da Integração Nacional.

O histórico inicial dos desatres acompanhados até a presente data justificam a Situação de Emergência. O Poder Público Municipal instaurou uma força tarefa até a data de 23 de outubro para constatação completa dos danos e prejuízos para posterior edição do Decreto de Emergência. Todas as demandas e urgências deverão ser repassadas para a Secretaria de Obras (3444-1130) e/ou Coordenação da Defesa Civil Municipal (3444-8132).

Durante o programa Realidade desta segunda-feira, dia 23 de outubro, Valdir Bianchet Vice-Prefeito de Serafina Corrêa e Coordenador da Defesa Civil Municipal e Reginaldo Gomes Engenheiro do Departamento de Engenharia Civil ligado a Secretaria de Obras Públicas, Transportes e Desenvolvimento Urbano explicaram a atuação do Poder Público e da Defesa Civil no soccorro aos atingidos e que o Decreto de Emergência será encaminhado. 

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários