Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Pessoas com deficiência visual recebem bengalas em União da Serra

por Valesca Heloisa Andreolli

Através de programa de assistência do CRAS e Emater oito pessoas foram beneficiadas

A cor da bengala varia de acordo com o grau de deficiência visual do usuário
Foto: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Caxias do Sul

A fim de facilitar a locomoção, oito pessoas com deficiência visual total ou parcial que residem no município de União da Serra e participam do Programa Socioassistencial desenvolvido pela Emater/RS-Ascar no município receberam bengalas adquiridas pela Prefeitura. O ato de entrega, promovido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, e pela Emater/RS-Ascar, foi no dia 10 de agosto, no CRAS e contou a presença de mais de 20 pessoas. O prefeito Léo Paulo Cendron também esteve presente.

A extensionista social da Emater/RS-Ascar, Estela Maris Miranda, diz que a iniciativa foi motivada pela visita e orientação do presidente do Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), Leo Monteiro, quanto à importância e uso das bengalas, em reunião do programa realizada no mês de maio. A cor da bengala varia de acordo com o grau de deficiência visual do usuário.

“Isso é muito importante porque eles não tinham uma segurança para se locomover e não havia no município um programa social, uma política pública para atender essas pessoas. Agora existe um programa, onde a Prefeitura e o Cras priorizam essas famílias, dando mais atenção e apoio. E esse trabalho vai evoluir mais, isso é só o começo”, avalia Estela. De acordo com ela, os deficientes visuais que receberam as bengalas terão agora um acompanhamento do fisioterapeuta do município, Francisco Sieber, para ter mais segurança no uso.

No município, o Programa Socioassistencial desenvolvido pela Emater/RS-Ascar abrange em torno de 30 famílias ou 40 pessoas com deficiências diversas, com as quais são realizadas várias ações. “O programa teve grande aceitação e procura pela comunidade”, avalia a extensionista.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Caxias do Sul

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários