Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Poder Público analisará situação do Estádio General Ernesto Dorneles

por Eduardo Cover Godinho

Não há recursos financeiros para o conserto dos estragos causados pelo transbordo do Arroio Barracão

Muro dos fundos do Estádio caiu em cima da via urbana
Foto: Divulgação

O Poder Público de Guaporé segue contabilizando os prejuízos causados pelo transbordo do Arroio Barracão e assistindo as famílias que tiveram seus imóveis invadidos pela força das águas. Na área esportiva, o Estádio General Ernesto Dorneles, o popular campo do Juventude ou Estádio da Baixada, mais uma vez foi atingido e parte do muro da parte de trás do gramado acabou caindo. O fato relembrou a tragédia causada pelo mesmo arroio em 20 de abril de 1994, quando, na oportunidade, a praça esportiva, de tantos clássicos do futebol guaporense, regional e estadual, foi praticamente toda ela destruída. Pouco, ficou de pé após a enxurrada.

A reconstrução do símbolo de tantas batalhas do Esporte Clube Juventude foi gradual e algumas melhorias, ao longo do tempo, foram efetuadas pelas administrações municipais. Os muros receberam espaços vazios entre os tijolos que serviriam, em caso de novo transbordo, para uma melhor vazão da água, evitando que a mesma ficasse represada e houvesse novamente o estouro do muro. Na parte frontal, entrada do público para os jogos, o escoamento da água evitou que uma tragédia pior acontecesse, mesmo com a queda do portão principal. Dentro, a sujeira e a água trouxeram estragos no bar, banheiros, vestiários e na cerca que rodeia o campo de jogo.

O maior problema verificado, destacou o presidente do Conselho Municipal de Desporto (CMD) Valmir Angheben (Mille), foi no muro da parte de trás do gramado. Parte da estrutura de tijolos cedeu e caiu sobre a via urbana. O Poder Público começa a analisar os estragos e não tem data prevista para que a estrutura seja recuperada.

“Estamos estudando por onde começar a recuperar o estrago feito pela força das águas do Arroio Barracão. É triste ver o lugar onde a comunidade se reúne para descontrair e passar momentos agradáveis vendo bons jogos de futebol desta forma. Depois de 94, acreditava que nunca mais aconteceria um estrago da grandiosidade que foi. Infelizmente aconteceu e agora nos resta reconstruir. Vai demorar para voltar a ser o Juventude de tantas alegrias. O Governo Municipal está contabilizando os prejuízos, mas adianto que não será fácil arranjar recursos financeiros disponíveis para a reconstrução”, destacou.

A destruição do Estádio Gal. Ernesto Dorneles faz parte do relatório encaminhado pelo Poder Executivo e Defesa Civil para os Governos Federal e Estadual no decreto de situação de emergência.

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais