Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Cpers Sindicato realiza Dia de Mobilização na próxima sexta-feira, dia 24

por Valesca Heloisa Andreolli

Elenir Aguiar Schürer, Presidente do sindicato dos professores estaduais afirma que a categoria recebe apenas 48% do piso no plano de carreira

Foto:Divulgação
Foto: Divulgação

O Piso salarial para os professores que tem uma jornada de 40 horas semanais, com formação de nível médio, é de R$ 1.917,78. O reajuste é feito anualmente, e neste ano o aumento foi de 13,01%. Os governos estaduais precisam cumprir com este  pagamento mínimo para todos os profissionais do magistério público e da educação básica, de acordo com a Lei 11.738/2008.

O Rio Grande do Sul, está entre os estados brasileiros que não tem cumprido esta obrigatoriedade, por este motivo o Cpers/Sindicato está mobilizando a categoria para um ato no dia 24, próxima sexta-feira.

De acordo com informações repassadas pelo 3° Núcleo do Cpers o qual pertence Serafina Corrêa, o Ato Público marcado para sexta-feira terá o apoio deste núcleo, e os professores e funcionários se reunirão nas escolas quarta e quinta-feira, dias 22 e 23, para aprofundar o tema e decidir se aderem a paralisação. Na sexta-feira, às 16h, em local a ser definido, será realizada uma plenária pelo cumprimento da lei do piso; melhorias no atendimento do IPE saúde e manifestação contrária a terceirização. O 3°Núcleo do Cpers, localizado em Guaporé reuniu-se na sexta-feira, dia 17 para discutir sobre a paralisação.

A Rádio Rosário entrevista Elenir Aguiar Schürer Presidente do Cpers de Porto Alegre, para falar da paralisação e o que está programado para o dia 24 de abril pelo Cpers/Sindicato.

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários