Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Grupo de Trabalho em bovinocultura de leite inicia atividades em Fagundes Varela

por Eduardo Cover Godinho

13 agricultores participaram de duas reuniões

Foto: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar

Em Fagundes Varela, um grupo de bovinocultores de leite deu início a um trabalho visando à melhoria da atividade leiteira em suas propriedades, com acompanhamento da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (ATERS), através da Emater/RS-Ascar. Nas últimas semanas, nos dias 31 de março e 11 de abril, foram realizadas duas reuniões, em uma sala anexa ao auditório municipal, com representantes das famílias participantes, totalizando 13 agricultores.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leandro Ebert, o Grupo de Trabalho em Bovinocultura de Leite, o “GT-Leite”, é composto por bovinocultores que possuem experiência com a atividade e têm no leite uma importante fonte de renda para as suas famílias, entretanto, vinham enfrentando dificuldades nos últimos anos devido às flutuações de preço no mercado do leite e aos elevados custos de produção, o que diminui a margem de lucro. Assim, viram uma oportunidade de melhorar a renda obtida com a atividade através da ATERS e buscaram a orientação da Emater/RS-Ascar.

As propriedades vinham sendo acompanhadas individualmente, em visitas onde são discutidos os gargalos da produção e buscadas soluções para as principais dificuldades enfrentadas pelas famílias. Nas reuniões do grupo, foi abordada a alimentação das vacas leiteiras. A partir de uma apresentação realizada pelo agrônomo, eles puderam compreender o funcionamento da digestão dos bovinos e debater estratégias para intensificar a produção leiteira em suas propriedades, a partir da oferta alimentos de qualidade, com menores custos, em quantidade suficiente e de forma balanceada, visando alcançar o potencial produtivo dos rebanhos e aumentar a margem de lucro da atividade.

A maior parte das famílias já foi incluída no Programa Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, concebido pela Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e executado pela Emater/RS- Ascar, tendo sido elaborados os diagnósticos econômico, social e ambiental dessas propriedades.

"O objetivo é incluir no programa as famílias que ainda não fazem parte, para podermos elaborar os planos de gestão, acompanhar a evolução e ir medindo os resultados alcançados com o trabalho de acompanhamento dessas propriedades", ressalta Ebert.

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais