Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Gestantes da região recebem orientações no hospital de Sarandi - Rádio Sarandi

Baixar Áudio por José Leal de Oliveira

Na tarde do dia 24 de setembro mais um grupo  com cerca de 100 gestantes dos municípios de Sarandi, Barra Funda, Trindade do Sul, Três Palmeiras, Chapada, Rondinha e Constantina receberam orientações  no Hospital Comunitário Sarandi, HCS. As orientações foram dada pela médica obstetra Marta Araujo, pela  enfermeira obstétrica Giselli Busatto e pela acadêmica de enfermagem da UFSM Giovana Hungaratti.  Ouça a entrevista com a médica obstetra Marta Araújo:

Nesses encontros no HCS , fazendo parte das etapas do programa Rede Cegonha, as gestantes para participam de palestra e recebem orientações, conselhos, informações e conhecem as instalações da maternidade do hospital.

Os municípios que fazem parte do Rede Cegonha são, Barra Funda,Trindade do Sul, Três Palmeiras, Ronda Alta, Rondinha, Sarandi, Chapada, Nova Boa Vista, Novo Xingu, Constantina, Engenho Velho e Liberato Salzano.

Essas atividades fazem parte da preparação das futuras mães dentro do programa ao qual o HCS aderiu em dezembro de 2017.

Pelo programa Rede Cegonha, as gestantes de 12 municípios recebem no hospital de Sarandi todo o acompanhamento durante a gestação, no parto e após o nascimento da criança através dos profissionais do HCS, médico, psicólogos, pediatras e enfermeiras . Até a adesão do hospital de Sarandi ao Rede Cegonha , em dezembro de 2017, o atendimento era de cerca de 30 gestantes/mês, número que dobrou a partir de janeiro de 2018. Uma das principais metas do programa é incentivar o parto normal e humanizado.

Entenda a Rede Cegonha

Rede Cegonha é uma estratégia lançada em 2011 pelo governo federal para proporcionar às mulheres saúde, qualidade de vida e bem estar durante a gestação, parto, pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida. Tem o objetivo de reduzir a mortalidade materna e infantil e garantir os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres, homens, jovens e adolescentes. A proposta qualifica os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no planejamento familiar, na confirmação da gravidez, no pré-natal, no parto e no puerpério (28 dias após o parto).

 Ampliação do acesso, acolhimento e melhoria da qualidade do pré-natal. 

• Transporte tanto para o pré-natal quanto para o parto. 

• Vinculação da gestante à unidade de referência para assistência ao parto - “Gestante não peregrina! ” E “Vaga sempre para gestantes e bebês! ”. 

• Realização de parto e nascimento seguros, através de boas práticas de atenção. 

• Acompanhante no parto, de livre escolha da gestante. 

• Atenção à saúde da criança de 0 a 24 meses com qualidade e resolutividade. 

• Acesso ao planejamento reprodutivo.

 

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais