Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Prefeitura de Sarandi pretende debater, através de audiência pública, o futuro da obra da passarela sobre a RS 404 – Rádio Sarandi

por Jefferson De Ramos

Em nota, o Poder Público de Sarandi expõe valores da obra e afirma que pretende discutir, através de audiência pública, a viabilidade e a continuidade ou não da obra.

A obra de construção da passarela sobre a RS 404 em Sarandi está paralisada desde 06 de janeiro de 2021.
Foto: Jefferson De Ramos/Rádio Sarandi

O questionamento de um ouvinte da Rádio Sarandi, sobre qual seria a atual situação da obra da passarela sobre a RS 404 no município de Sarandi, levantou mais uma vez a discussão sobre a obra, paralisada desde 06 de janeiro de 2021. Em nota, divulgada na manhã de hoje (4), o Poder Público de Sarandi expõe valores da obra, além de afirmar que pretende discutir com a população, através de audiência pública, a viabilidade e sua continuidade ou não.

Em entrevista à Rádio Sarandi, o Prefeito em exercício, Reinaldo Antônio Nicola, afirmou que a obra foi iniciada em 28 de outubro de 2020 sem aprovação do DAER. E está paralisada devido à determinação do Departamento, que solicitou uma série de estudos de adequações ao projeto, além de obras complementares. Para que os trabalhos tenham continuidade, segundo Nicola, o município deverá realizar todas as adequações.

A nota divulgada hoje (4) salienta que a obra, orçada inicialmente em R$ 737.705,28, recebeu um aditivo de R$ 109.240,00 em 2020. Todos os estudos técnicos, obras complementares e intervenções demandadas para obter a autorização de continuidade dos trabalhos, conforme estudo da Administração Municipal, chegariam a cerca de R$ 200 mil, elevando o custo total da Passarela a R$ 1.046.945,28. A nota expõe que há o risco de um realinhamento do custo da obra em R$ 239 mil a se somar a esse valor, o que pode elevar o valor total da obra, que poderá chegar a R$ 1.285.945,28.

Ainda segundo a Administração Municipal, a obra não dispunha de dotação orçamentária suficiente e recursos financeiros em caixa para sua execução. Segundo a nota, no exercício 2020, teriam sido pagos R$ 159.979,04, outros R$ 577.726,24 seriam empenhados, executados e pagos pelo atual governo.

A Administração Municipal afirma que pretende, oportunamente, discutir com a população, através de audiência pública, a viabilidade da obra, bem como sua continuidade ou não.

Nossa reportagem manteve contato com Leonir Cardozo, Prefeito de Sarandi até 2020, ano de início da obra, para buscar seu posicionamento diante do assunto. Leonir está em viagem, e até o fechamento desta matéria não obtivemos seu retorno.

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais