Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

ERS-431: Concluídas as cabeceiras da ponte sobre o Arroio Santa Bárbara

por Eduardo Cover Godinho

Diretor do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (Daer), Rogério Uberti, projeta construção do viaduto do Claudino

Pavimentação asfáltica da ponte foi executada pela empresa Encopav
Foto: Divulgação

Conhecida pelos usuários como “Estrada da Vergonha”, a rodovia ERS-431, trecho compreendido entre os municípios de Dois Lajeados e Bento Gonçalves, pode, a partir de uma ação única e exclusivamente do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (Daer), mudar de apelido. A pavimentação asfáltica da rodovia, que se estendeu por quase duas décadas, foi concluída com o término das cabeceiras da ponte sobre o Arroio Santa Bárbara, na Linha Colussi – Monte Belo do Sul, quilômetro 18. Agora, trafegar pela via, que por longos anos atormentou os condutores com trechos em condições precárias em chão batido, está mais seguro e muito mais rápido.

Depois de muitas incertezas, promessas de políticos, secretários estaduais e engenheiros da autarquia, a rodovia está recebendo os últimos detalhes de uma reestruturação que refez o pavimento asfáltico em praticamente 95% de sua extensão. A sinalização viária, tanto vertical, quanto horizontal, foi substituída e novas placas, faixas, tachões, entre outros, colaboram para uma trafegabilidade mais segura e consciente pelos motoristas. Rogério Uberti, diretor-geral do Daer, que havia se comprometido com o término da rodovia, comemorou o fim da novela das cabeceiras da ponte, o que deixou o trajeto 100% asfaltado.

“É um momento especial que o Daer está vivendo. Depois de uma novela, lembro-me quando saí em 2010 da Superintendência Regional de Bento Gonçalves ficou aquela obra de arte dependurada (ponte sobre o Arroio Santa Bárbara), posso dizer que a rodovia está quase da forma como gostaria que estivesse há tempos. Foram diversas lutas para concluí-la, em especial as cabeceiras da ponte que deram uma dor de cabeça para todos nós. Ainda falta a sinalização viária neste trecho, principalmente nos guarda-corpos, mas isso deverá ser providenciado nos próximos dias”, destacou.

Um dos pontos que ainda tira o sono do diretor geral do Daer é o quilômetro 12,2 da rodovia 431. O trecho apresenta desníveis no pavimento asfáltico e a trafegabilidade, em aproximadamente 150 metros, é complicada e perigosa.

“A rodovia está em cima de um colúvio e haverá movimentações. O que a diretoria do Daer está planejando para o futuro é fazemos a contenção com pedras na encosta e recuperar o Km 12 por completo. Posteriormente, a ideia é deixar um valor reservado para sinistros que possam ocorrer na rodovia. A intenção é fazer diferente ao que se estava se fazendo, que era buscar o emergencial (recurso) após o fato ocorrer”.

Uberti afirmou que o projeto para a construção da ponte sobre o Arroio Claudino, próximo ao pilar do Pepe, está em andamento e a obra deve passar por processo de licitação e sair do papel em breve.

“É uma reivindicação antiga dos motoristas e com certeza vai encurtar e muito o trajeto, deixando-o menos perigoso porque a passagem é feita por debaixo do viaduto da linha férrea. Estamos trabalhando incansavelmente para que a 431 fique como projetamos e sonhamos há muitos anos”, disse.

Nos próximos dias, ainda não há uma data definida, o Governador do Estado, José Ivo Sartori, juntamente com autoridades gaúchas, deve estar presente na rodovia ERS-431 para a solenidade de reinauguração.

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais