Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Curso Médio Subsequente é solicitado ao Coordenador de Educação

por Eduardo Cover Godinho

Intenção das autoridades guaporenses é instalar o Curso Técnico em Agropecuária na Estadual Técnica Agrícola

Coordenador ficou satisfeito com as propostas levantadas e prometeu empenhar-se nesse processo de solicitação
Foto: Divulgação

Entidades ligadas ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Guaporé (COMDERG), solicitaram a instalação do curso pós-médio subsequente, Técnico em Agropecuária, para o Coordenador Regional da Educação, Professor Santos Olavo Misturini. O Coordenador esteve em visita junto à Escola Estadual Técnica Agrícola de Guaporé (EETAG) oportunidade em que abriu espaço em sua agenda para ouvir o pleito municipal. A solicitação faz parte das estratégias do Conselho para melhorar a formação das pessoas que já trabalham com o meio rural e visa suprir uma lacuna existente na formação técnica deste público.

A ideia já está maturada de longa data em inúmeras discussões com entidades, agricultores, lideranças e se encontra também presente no Plano Municipal de Educação (PME). O Secretário Municipal de Agricultura de Guaporé, Cleto Salvagni e o representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) Alécio Alba, fortaleceram o pedido valorizando a estrutura já existente no educandário. A Diretora da Escola, Professora Maristela Dall’Agnol, enfatizou que vários documentos foram elaborados, necessitado apenas a aprovação e validação sendo consenso na comunidade escolar.

Para o Presidente do COMDERG e Engenheiro Agrônomo da Emater Antônio Cesar Perin, o pedido é fundamental para consolidar a importância estratégica da Escola Agrícola e do município de Guaporé.

“Em novos tempos a agricultura exige formação continuada e capacitação constante de quem trabalha o setor. Temos inúmeros jovens que já concluíram o ensino médio e que desejam continuar os estudos na área técnica”.

Para Perin, Guaporé tem que assumir a liderança regional na formação técnica profissionalizante, não somente na área agrícola, mas também nos demais setores e suas cadeias produtivas. Isso ficou expresso na elaboração do Plano Municipal de Educação da área profissionalizante.

Misturini ficou satisfeito com as propostas levantadas e prometeu empenhar-se nesse processo de solicitação, uma vez que otimiza o espaço já existente e atenderá uma clientela local e regional.

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais