Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Iniciativa 2,4-D realiza treinamento em Sarandi

por João Lima

Pesquisador Mauro Rizzardi ministrou curso sobre manejo de resistência de palntas daninhas e o herbicída 2,4-D

A Iniciativa 2,4-D, grupo formado pelas empresas ADAMA, Atanor, Dow AgroSciences, e Nufarm com o objetivo de gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, realizou um treinamento para produtores rurais de Sarandi, na segunda-feira, 8. O curso Manejo de Resistência de Plantas Daninhas & 2,4-D, ministrado pelo Professor Doutor da Universidade de Passo Fundo, Mauro Rizzardi, abordou informações sobre o manejo de resistência de plantas daninhas e o papel dos herbicidas e das boas práticas agrícolas no combate deste problema, além de apresentar aspectos técnicos do 2,4-D, como suas características físico-químicas, situação regulatória, estudos de toxicidade, ecotoxicidade e segurança no campo.

Segundo a coordenadora da Iniciativa 2,4-D, Ana Cristina Pinheiro, o principal objetivo é divulgar conhecimento técnico sobre o herbicida e as boas práticas agrícolas na aplicação. “Acreditamos que assim poderemos auxiliar na capacitação dos produtores, técnicos, operadores de equipamentos, com conceitos das boas práticas agrícolas, para gerar benefícios para toda a sociedade, implementando o conceito de sustentabilidade no uso de defensivos agrícolas”, explica.

Os eventos fazem parte do projeto que ministrará mais de60cursos sobreManejo de Resistência de Plantas Daninhas &2,4-D em parceria com entidades como aUniversidade de Passo Fundo (UPF), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)eEmbrapa Soja. O programa passa por mais de65cidadesnas cinco macrorregiões do Brasil, de maio anovembrode 2015.

A Iniciativa 2,4-D é um grupo formado por representantes das empresas ADAMA, Atanor, Dow AgroSciences e Nufarm, que, com apoio acadêmico, tem como propósito gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, além de apoiar projetos que abordem esta questão, como o Projeto “Acerte o Alvo – evite a deriva na aplicação de agrotóxicos”, realizado no Paraná. O foco é educar o produtor sobre a importância da utilização correta de tecnologias que garantam a qualidade da aplicação dos defensivos agrícolas. O grupo defende que o uso adequado das tecnologias de aplicação e a precaução para evitar a deriva são essenciais para garantir a eficácia e a segurança ambiental na utilização de defensivos agrícolas. A Iniciativa 2,4-D se apresenta como fonte de informação e esclarecimento, que, apoiada por estudos acadêmicos, visa desmistificar o emprego do 2,4-D.

Visite:www.iniciativa24d.com.br

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais