Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Emater e Sebrae apresentam projeto pioneiro em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Cerca de 25 agricultores participaram do encontro que busca qualificar a produção e a comercialização das agroindústrias

Encontro aconteceu na sala de reuniões do Sindicato dos Trabalhadores Rurais
Foto: Eduardo Cover Godinho

Qualificar a produção e a comercialização das agroindústrias da Serra Gaúcha conforme as necessidades e exigências legais do mercado. São esses objetivos que a Emater/RS-Ascar e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) traçaram para o desenvolvimento de um projeto pioneiro que está sendo apresentado aos agricultores da região. Em Guaporé, profissionais das duas instituições estiveram reunidos com produtores nas dependências do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) na tarde da quarta-feira, dia 28 de fevereiro. Cerca de 25 proprietários de agroindústrias de Guaporé, Serafina Corrêa, Montauri, União da Serra, Nova Bassano e São Valentim do Sul buscaram informações sobre o projeto. A atividade foi comandada pelo assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul na área de agroindústria, Ricardo Capelli.

Com duração de três anos, o projeto da Emater e do Sebrae visa identificar as agroindústrias com dificuldades e posteriormente, com reuniões periódicas e acompanhamento dos profissionais, dar subsídios administrativos para que possam se desenvolver.

“Mostramos em Guaporé o projeto e agora esperamos a manifestação de interesse dos proprietários das agroindústrias. Os próprios produtores terão condições de avaliar aquilo que eles estão fazendo e buscar o melhor caminho. Emater e Sebrae serão apenas ferramenta de apoio. Técnicos extremamente capacitados e qualificados irão trabalhar na identidade visual, prospecção de mercado, rodada de negócios, acompanhamento da análise financeira do empreendimento ‘in loco’, entre outros”, destacou.

O trabalho inicia, conforme destacou Capelli, no dia 2 de abril e se estende até 2020.

“Com certeza muitos serão os benefícios conquistados ao longo do tempo pelos proprietários de agroindústrias de Guaporé e região que aceitarem fazer parte do projeto”, afirmou.

Serão desenvolvidas atividades para a gestão comercial e financeira das agroindústrias, o planejamento promocional e comercial, a disseminação de informações para as agroindústrias e a inovação e tecnologia. A expectativa, segundo Capelli, é que até o final do programa as vendas aumentem em 20% e a margem bruta dos participantes atinja os 15%.

Prestigiaram o encontro, o presidente do STR Alécio Agostinho Alba e o secretário municipal de Obras e Agricultura Leo Pandolfo. STR e Poder Público são apoiadores da iniciativa que visa incrementar maiores ganhos financeiros para os agricultores.

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais