Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Moradores estão indignados com lixo jogado às margens de estrada vicinal

por Eduardo Cover Godinho

Restos de móveis, roupas, calçados, eletrodomésticos, eletrônicos, materiais de construção, entre outros, foram atirados na ligação entre o bairro Pinheirinho e a Brítola

Foto: Divulgação

No Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, uma cena infelizmente que tem se tornado corriqueira, entristece a comunidade guaporense. Moradores da Linha 3 de Maio (Brítola) relataram, através de diversas imagens, o descaso de muitos que não tem consciência ambiental. No trajeto de chão batido entre o bairro Nossa Senhora do Carmo (Pinheirinho) e Santo André até a comunidade da zona rural, muito são os pontos de depósito irregular de resíduos.

“Encontramos todos os dias um verdadeiro lixão a céu aberto às margens da estrada vicinal. Lamentavelmente, o trajeto, que é repleto de belezas naturais, está tomado por lixo jogado por pessoas sem nenhuma educação e consciência do estrago que estão fazendo para as futuras gerações”, disse um morador interiorano que utiliza a estrada para atividades profissionais diárias na zona urbana.

Ao longo da estrada, é possível encontrar restos de móveis, roupas, calçados, eletrodomésticos, eletrônicos, materiais de construção, latas de tintas, garrafas pet, papelão, entre outros. Tudo deixado no período noturno, quando a movimentação de veículos é menor, e por pessoas que se deslocam da área central. Segundo o morador, que prefere o anonimato, é comum ver pessoas pararem seus automóveis e descartarem o lixo.

“É o que percebemos quando nos deslocamos à noite, em especial. Problema é que quando chegamos mais perto, eles embarcam e vão embora como se nada tivesse acontecido”, lamenta.

 

Colaborem

Ciente do problema verificado há anos, a Secretária de Meio Ambiente Mônia Zampeze, solicita a colaboração da comunidade, em especial dos moradores das proximidades, para que denunciem, citando o nome e/ou a placa dos veículos, quem está cometendo a infração contra o meio ambiente. Para quem for flagrado descartando lixo em locais irregulares há multas, conforme determinam as leis ambientais. Conforme decreto federal 6514/2008, os valores podem variar de R$ 50,00 a R$ 10 mil.

“Estamos fazendo a nossa parte no trabalho de conscientização e educação, mas infelizmente muitas pessoas ainda insistem em jogar o lixo no meio ambiente. Precisamos do auxílio de todos para que possamos viver melhor e deixar um ambiente com maior qualidade de vida às futuras gerações”.

Mais informações e denúncias, todas elas sigilosas, podem ser repassadas para os telefones (54) 3443.5987 ou 3443.6372, na Secretaria de Meio Ambiente.

Central de Conteúdo Unidade Rosário

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais