Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Jovem de São Valentim do Sul é convocado para a Seleção Sub-19

por Eduardo Cover Godinho

Arthur Gehlen De Marco, 17 anos, defende as cores do Esporte Clube Novo Hamburgo

Arthur (D) e o preparador de goleiros do Novo Hamburgo Michel Corrêa
Foto: Elenise Martins/ECNH

É inegável que o futebol é a paixão e o sonho de praticamente 90% das crianças, adolescentes e marmanjos. Para muitos, em especial os jovens, é o sonho de mudar de vida, ter fama, ser reconhecido e, se tudo correr dentro do esperado, contar com uma conta bancária gorda para satisfazer os desejos, viver bem e ajudar os familiares e amigos próximos. Muitos trilham o caminho do sucesso e outros ficam para trás. Quem está buscando um lugar ao sol é Arthur Gehlen De Marco, natural de São Valentim do Sul. Goleiro, há quatro meses defendendo as cores do Esporte Clube Novo Hamburgo – elenco do Sub-19 que disputa a Copa FGF Sub-19, Arthur, de excelente estatura e ágil debaixo da meta, foi convocado para a Seleção Gaúcha Sub-19. Filho de Leonardo José De Marco e Vânia Gehlen De Marco, o arqueiro salientou que praticamente nasceu jogando futebol.

“Nasci praticamente jogando bola. Não tenho em mente nenhum marco do início do meu interesse pelo futebol, ele vem comigo desde meus primeiros passos. Na minha família, o futebol tem seu lugar especial. Meu pai sempre me levava em seus jogos, jogava comigo e me botou na escolinha. Entre nós, o futebol sempre foi um assunto farto e por isso acho que tenho toda essa paixão pelo esporte”, disse.

Arthur não sabe dizer como se interessou pela posição de goleiro, já que o sonho, praticamente de todos, é balançar as redes.

“Não era um mau jogador de linha, mas acho que quando fui para o gol eu vi que eu podia ter muito mais destaque. Quando peguei o jeito, foi uma paixão que dificilmente vou largar”.

A família, destacou Arthur, tem papel fundamental no seu desenvolvimento profissional. Desde os seis anos, quando frequentava a escolinha de futsal de São Valentim do Sul, ele recebeu o apoio incondicional do pai Leonardo e da mãe Vânia. Aos 14 anos buscou novos ares e passou em testes nas categorias de base do Clube Esportivo Bento Gonçalves. Durante um bom período, pegava a estrada duas vezes por semana para treinar fisicamente e aprimorar suas técnicas debaixo das traves e nas saídas de gol. Ficou na equipe por três anos, sendo dois no Juvenil e no começo do ano disputou, com o time principal, a Divisão de Acesso. No segundo semestre de 2017, encarou a peneira do Novo Hamburgo em busca de novas oportunidades. Entre 200 jovens, destacou-se ao lado de outro jogador e passou a fazer parte do Sub-19 que disputa a Copa FGF.

A convocação para a Seleção Gaúcha Sub-19, através da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), foi uma surpresa boa na vida do jogador. Representando o Rio Grande do Sul, Athur disputou dois jogos em Montevidéu – Complexo Uruguai Celeste, contra a Seleção Uruguaia Sub-18. O saldo, duas vitórias, acompanhadas de perto pelo treinador da seleção principal Oscar Tabárez. Arthur disse ter ficado muito feliz com a convocação.

“Foi minha primeira convocação. Receber essa notícia foi uma grande alegria não só para mim, mas também para minha família e amigos que sempre apoiaram minha carreira”.

O goleiro do Nóia, como é conhecida a equipe do Novo Hamburgo, afirmou que o único plano na carreira é continuar defendendo as cores do clube, dando vitórias e alegrias aos torcedores.

“Admito que meu objetivo é jogar em times grandes no cenário brasileiro e mundial. Até alcançá-lo, devo trabalhar onde estou, buscando sempre evoluir e aprendendo cada vez mais”, disse.

Para aprimorar os conhecimentos e continuar evoluindo no futebol, Arthur conta com o apoio do preparador de goleiros Michel Corrêa.

Central de Conteúdo Unidade Rosário

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais