Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Deitos e Pasqualotto são empossados na diretoria da Fiergs

por Eduardo Cover Godinho

Empresários, com forte atuação em Guaporé, irão colaborar na gestão 2017/2020 que tem como presidente Gilberto Porcello Petry

Petry e os novos diretores da Fiergs e Ciergs
Foto: Dudu Leal

Dois empresários de grande atuação na comunidade de Guaporé tomaram posse na noite da terça-feira, dia 18 de julho, como diretores da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). Edilson Luiz Deitos, sócio-proprietário da empresa Zandei Plásticos, e Norberto Luiz Pasqualotto, sócio-proprietário da empresa Gimasa Joias, fazem parte do grande grupo que estará sob comando na gestão 2017/2020 do industrial Gilberto Porcello Petry. A festividade de posse reuniu mais de duas mil pessoas no Teatro do SESI, em Porto Alegre. Entre os presentes na solenidade o governador do Estado, José Ivo Sartori, e o vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Glauco José Côrte, e autoridades de Guaporé, como o prefeito Valdir Fabris, o vice-prefeito Adalberto Bastian, o presidente da Câmara de Veadores, Homero Loreni Marcolina (PMDB), e representantes das entidades CIC, Sindijoias e Mostra Guaporé.

Durante o evento, Petry comprometeu-se a ser um porta-voz dedicado e esforçado do setor e disse que o empresariado enfrenta uma lista de situações e imposições contrárias à produção. Entre elas, a enorme burocracia, a tributação elevada, o crédito seletivo caro, os juros elevados e o diminuto investimento na infraestrutura e logística.

“Os empresários devem ser entendidos pela sociedade como pessoas que contribuem para o desenvolvimento econômico e social de uma nação. Não podem ser vistos como exploradores porque procuram auferir lucros em seus negócios. O lucro é a alavanca que faz surgir novos empreendimentos que irão gerar novos empregos e recolher novos impostos.”

Deitos salientou que o estilo de gestão do novo presidente do Sistema Fiergs, que no período passa a administrar o Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) e o Instituto Euvaldo Lodi do Rio Grande do Sul (IEL-RS), é voltado para a valorização do empresário.

“Tive a oportunidade de conviver mais próximo ao Petry em uma viagem de trabalho ao Japão e a vontade do novo presidente é valorizar e mostrar à sociedade a importância do empresário na geração de emprego e impostos. Terá o desafio de administrar o Sesi e Senai, deixando claro o papel de cada um na comunidade. É um grande gestor e desempenhará um excelente trabalho frente ao Sistema”, destacou.

O empresário guaporense afirmou que continuará coordenando o Grupo Temático de Energia Elétrica da Fiergs, função desempenhada na gestão do ex-presidente Heitor José Müller.

“A visão é que 2017 será um ano favorável e de crescimento para o setor energético no Rio Grande do Sul. Recentemente estivemos em missão oficial do Governo Estadual no Japão e visitamos uma usina termoelétrica (movida a carvão mineral), com tecnologia de ponta, que gera pouquíssimo impacto ambiental. Temos 14% das reservas do mundo de carvão e pouco utilizamos para a geração de energia pela defasagem das nossas usinas. Há outros projetos para o aumento da capacidade de energia em solo gaúcho apoiados pela Fiergs. O ideal é buscarmos o equilíbrio de todas as fontes para a geração de energia”, disse Deitos.

Durante a solenidade, o governador José Ivo Sartori também comentou a necessidade de se agir mais coletivamente.

“Não é hora de se pensar em nomes, partidos ou vaidades, mas em recolocar o Rio Grande nos trilhos com responsabilidade na gestão fiscal, maior eficiência e voltado para as áreas essenciais, desburocratização dos serviços públicos e valorizando mais o empreendedorismo e a livre iniciativa”.

Central de Conteúdo Unidade Rosário

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais