Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Médico guaporense doa aparelho para Hospital de Dombe

por Eduardo Cover Godinho

Equipamento de Ecografia, repassado pelo Dr. Julio Feijó, clínico e cirurgião geral, está sendo utilizado por profissionais da saúde no Moçambique

Foppa, que atua como voluntário há anos em Dombe, no momento da entrega do aparelho ao Dr. Sérgio
Foto: Divulgação

Gestos de solidariedade e amor ao próximo estão cada vez mais raros nos dias atuais. Porém, há empresários, anônimos e membros de entidades assistenciais/sociais com enorme coração que ainda se solidarizam com os necessitados, àqueles que enfrentam dificuldades, sejam elas financeiras ou de saúde. Eles trabalham muito e doam parte do tempo e do que ganham para ajudar o próximo. São esses verdadeiros anjos que alimentam a esperança de um futuro melhor, com menor desigualdade social. Entre eles, está o médico guaporense Dr. Julio Feijó.

Integrante do Rotary Clube Guaporé e com atuação em outras entidades, o clínico e cirurgião geral doou ao amigo Ildo Foppa, que atualmente desenvolve trabalhos solidários e humanitários do outro lado do Oceano Atlântico – Continente Africano – um aparelho de Ecografia. O equipamento, levado por Foppa, está sendo utilizado na unidade hospitalar do Distrito de Dombe, município de Sussundenga – Província/Estado de Mânica – centro de Moçambique. O Hospital conta apenas um médico (Dr. Sérgio) para servir uma população de 60 mil habitantes com média de 100 nascimentos por mês e doenças como HIV em 20% dos moradores.

“Agora, com o aparelho doado pelo Dr. Julio Feijó, será possível amenizar e diagnosticar algumas doenças. Para se ter uma ideia, a expectativa de vida aqui é 55 anos também devido à falta de aparelhagem necessária para se ter um diagnóstico precoce. É tudo precário, infelizmente. Sem dúvida, a feliz ideia do Dr. Júlio vai ajudar e muito a unidade hospitalar. Quem sabe outras pessoas de bem possam fazer o mesmo, pois aqui, falta praticamente tudo. O país é muito pobre e quem sofre é a população com um alto índice de mortalidade de crianças”, destacou.

A precariedade é tamanha que Ildo Foppa já foi chamado de madrugada para levar pessoas para um hospital a 200 quilômetros de Dombe, pois na unidade local não havia condições de atendimento.

Dr. Julio destacou o simples gesto de doação do aparelho de Ecografia como uma forma de homenagear o companheiro Ildo Foppa, que largou o conforto da vida em Guaporé, os familiares e os amigos para dedicar-se exclusivamente às pessoas que enfrentam extrema dificuldade de sobrevivência.

Central de Conteúdo Unidade Rosário

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais