Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Famílias de Fagundes Varela recebem mudas e alevinos para produção para autoconsumo

por Eduardo Cover Godinho
Foto: Emater

Na sexta-feira, dia 22, aconteceu a entrega das mudas de batata-doce, da campanha, realizada pela Emater/RS-Ascar, quem vem incentivando a produção de alimentos para consumo familiar em Fagundes Varela. Serão entregues 2.190 mudas para 56 famílias cultivarem o alimento em suas casas. Este ano, também houve outras duas campanhas de mudas frutíferas, onde foram entregues 483 mudas para 56 famílias, e mais duas campanhas de alevinos, com mais 15.500 mil alevinos entregues para que 61 famílias pudessem cultivar os peixes para o consumo da própria família. 

Por meio de campanhas realizadas anualmente, as famílias podem adquirir mudas frutíferas e de batata-doce e alevinos de peixes e receber orientações técnicas para cultivo desses alimentos.

O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leandro Ebert, explica que o município tem uma característica fortemente marcada pela agricultura familiar, do imigrante italiano, sendo tradicional que se destinem espaços na propriedade da família para uma horta, um pomar doméstico, para criação de animais, inclusive transformando a matéria-prima, com a produção de salames, queijos, vinhos, sucos, dentre outros.

"Nós procuramos orientar as famílias a produzirem alimentos e cuidarem da sua saúde, cultivando preferencialmente sem agrotóxicos, assim, trazemos alternativas técnicas para controle de pragas e doenças, manejo do solo e dos cultivos, além da prevenção ao risco doenças, especialmente brucelose e tuberculose, que podem ser transmitidas por animais contaminados", explica Ebert.

Um exemplo disso é a família de Jonei Cortelini, participante do Programa de Gestão Sustentável na Agricultura Familiar, concebido pela Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e executado pela Emater/RS-Ascar. A família, que trabalha com produção de uvas, de suínos e de grãos, ainda produz, durante o ano, 38 variedades de alimentos para autoconsumo, recebendo o auxílio da Emater/RS-Ascar também através dessas campanhas. 

De acordo com o extensionista social da Emater/RS-Ascar, Airton de Almeida, se a família tivesse que comprar todos os alimentos que produz em casa desembolsaria R$ 1.400,00 por mês, o que representa o incremento de renda real que a família tem com essa produção.

Almeida explica ainda que essas são apenas algumas das ações que integram o plano socioassistencial realizado pela Instituição no município, que visa fortalecer a segurança e soberania alimentar das famílias fagundenses, através da promoção do acesso a alimentos saudáveis, frescos e nutritivos, produzidos pela família, com garantia da origem do produto e cultivados de forma saudável.

Central de Conteúdo Unidade Rosário

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais