Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Batalhão Ambiental da Brigada Militar apreende aves em cativeiro em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Seis aves eram mantidas irregularmente em propriedade na zona rural. Azulões e Pintassilgos foram devolvidos ao seu habitat

Aves estavam acondicionadas em gaiolas e foram devolvidas ao seu habitat
Foto: Brigada Militar

O Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM), através do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (3º BABM), realizou a libertação ao seu habitat natural de aves mantidas em cativeiro na cidade de Guaporé. A atividade aconteceu na sexta-feira, dia 23 de outubro, em uma propriedade na zona rural.

Os policiais, guarnição do 3º Grupo de Policiamento Ambiental de Bento Gonçalves, durante patrulhamento ostensivo ambiental realizou a vistoria em uma residência e constatou que quatro azulões e dois pintassilgos estavam sendo mantidos irregularmente em cativeiro. As aves, que estavam presas em gaiolas, não constavam na lista de criador do passeriformes do proprietário do imóvel. Este não possuía a documentação legal.

A guarnição ambiental, diante dos fatos constatados, apreendeu os animais e devolveu-os para o seu habitat natural. O homem responderá administrativamente conforme determina a Lei 9.605/98 de Crimes Ambientais, combinado com o Decreto N.º 6.524/2008. A multa para quem é flagrado com aves silvestres sem autorização, como foi o caso registrado pelos policiais, é de R$ 500,00 por indivíduo de espécie não constante nas listas oficiais de risco ou ameaça de extinção.

Os policiais do 3º Grupo de Policiamento Ambiental estão à disposição da comunidade que pode colaborar com a preservação da fauna e flora denunciando através do telefone/WhatsApp (54) 3452.2968.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários