Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Em União da Serra, homem morre afogado nas águas do Rio Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Marcelo Sgarbossa, 39 anos, estava se banhando em ponto conhecido na Linha 10 - Comunidade São Pedro. Local não é atendido pelos salva-vidas da Operação RS Verão Total

Foto: Divulgação

Mais uma ocorrência de afogamento na região, com o registro de vítima fatal, foi atendida pelos servidores do 3º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar (3º PelBM), de Guaporé. Um homem, de 39 anos, perdeu a vida na tarde do sábado, dia 22 de janeiro, por volta das 17h10min, nas águas do Rio Guaporé, em ponto pertencente a Linha 10 - Comunidade São Pedro, zona rural do município de União da Serra.
Marcelo Sgarbossa, morador e figura conhecida da cidade, estava passando o dia, de muito sol e calor escaldante, com pessoas próximas do seu convívio (familiares e amigos) em um conhecido ponto de banho no flúmen e de fácil acesso para os unisserranos. Em determinado momento, conforme testemunhas, Sgarbossa se jogou nas águas para um mergulho e, por uma infelicidade, bateu com a cabeça em uma pedra. O corpo submergiu e não mais retornou. Amigos tentaram localizá-lo, porém, sem sucesso.
Com a situação, comunicaram os policiais do Grupo de Polícia Militar (GPM), de União da Serra, que colaboraram na ação e no controle emocional dos que estavam presentes, evitando que outra tragédia pudesse acontecer. Os bombeiros foram acionados e, após cerca de 30/40 minutos, localizaram e resgataram o corpo de Sgarbossa. Com indicação de testemunhas, a guarnição, através do 2º sargento Rebello e do soldado Bresolin, efetuou três mergulhos livres, visto que o ponto não era muito fundo.
Agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, foram até o ponto onde o unisserrano se afogou. O levantamento fotográfico da área e a busca de informações para o registro da ocorrência foram realizados.

Muito cuidado
O local onde Sgarbossa morreu, assim como na tragédia registrada em Montauri há uma semana, não é atendido pelos salva-vidas da Operação RS Verão Total. Na região, somente o Balneário do Camping do Carreiro em Serafina Corrêa conta com as atividades dos órgãos de segurança do Estado. O pedido das autoridades é para que os veranistas tenham atenção redobrada e entrem nas águas somente em pontos seguros.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários