Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Acidente na ERS-129 em Serafina Corrêa deixa três pessoas feridas

por Eduardo Cover Godinho

Saveiro, placas de Marau, e HB20, placas de Serafina Corrêa, colidiram frontalmente na altura do Km 141

Resgate das vítimas contou com SAMU, BM e Bombeiros de Guaporé e Serafina Corrêa
Foto: Eduardo Cover Godinho

A rodovia ERS-129, trecho entre os municípios de Guaporé e Serafina Corrêa, foi palco na manhã do sábado, dia 18 de agosto, para mais um grave acidente de trânsito. A colisão frontal entre dois veículos na altura do KM 141, proximidades da entrada para o município de União da Serra (Linha Nona), deixou três pessoas presas nas ferragens. As vítimas, duas de Marau e uma de Serafina Corrêa, foram socorridas e encaminhadas às unidades de saúde da região.

Conforme informações, o automóvel Hyundai HB-20, placas ITV-7173, de Serafina Corrêa, conduzido por Roger Wilian Bosio, transitava no sentido Serafina/Guaporé, quando houve a colisão frontal com a caminhonete Volkswagen/Saveiro, placas IST-0892, de Marau, guiada por Adriano Amarante Pinheiro, 30 anos. Na Saveiro, que seguia no sentido contrário, estava ainda o caroneiro Leandro Betto, 37 anos. Não há informações precisas de como o choque aconteceu.

O Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé, profissionais da Saúde dos Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e policiais dos 4º e 5º Pelotões da Brigada Militar de Guaporé e Serafina Corrêa, colaboraram no resgate das vítimas presas nas ferragens. Bosio e Betto foram encaminhados para o Hospital Nossa Senhora do Rosário, de Serafina Corrêa. Conforme informações da equipe médica, o estado de saúde de ambos é estável. Levado ao Hospital Manoel Francisco Guerreiro, Pinheiro, passou por atendimento e seu estado de saúde é regular. Os três não correm risco de morte.

A trafegabilidade no local, durante o atendimento e resgate às vítimas, ficou interrompida nos dois sentidos da rodovia. Posteriormente, quando os três homens foram encaminhados para as unidades hospitalares, o trânsito foi liberado parcialmente. Policiais militares controlaram o fluxo dos veículos, liberando aos poucos para que seguissem viagem. O Pelotão Rodoviário Estadual (PRE), da Brigada Militar de Casca, atendeu a ocorrência e efetuou o levantamento para apurar as consequências da colisão frontal.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários