Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Brigada Militar efetua prisões em ponto de tráfico no Santo André

por André Fabio Bresolin

Imóvel havia sido alvo de operação da BM na noite da segunda-feira (9)

No interior do local foram encontrados 38 invólucros plásticos com maconha, quatro pinos com cocaína e pinos vazios
Foto: Brigada Militar

Na mesma semana. No mesmo lugar. E a mesma prática criminosa: a comercialização de entorpecentes. Não se passaram 72 horas e a traficância voltou à residência da rua Jairo Brum, S/N, localizada nas proximidades do Cemitério Municipal, no bairro Santo André. O imóvel havia sido alvo de operação do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM), de Guaporé, que, na noite da segunda-feira, dia 9, flagrou usuários comprando crack e prendeu uma criminosa.

Com informações para o Centro de Operações (Telefone 190) de que a movimentação no ponto continuava intensa, policiais militares foram verificar a denúncia. Detalhes davam conta que quatro homens queriam tomar conta do ponto de tráfico. Eles, segundo detalhes, desembarcaram de um automóvel na cor branca. Ao se aproximar da residência, a guarnição se deparou com um Corsa, placas ILA-5013, estacionado no meio da via urbana. Ninguém estava no veículo. Próximo da casa, quatro homens que, dada a ordem de parar para abordagem, empreenderam fuga para os fundos. Entre diversas casas, a perseguição foi iniciada e um deles, vestindo camiseta vermelha e branca, se desfez de uma sacola. Ele atirou-a no mato. Junto com ele, havia um outro com camiseta clara. Ambos, posteriormente identificados pelas inicias C.C.R., 43 anos, e J.de.S.D., 23 anos, foram pegos em um terreno baldio. A outra dupla correu em direção contrária, não sendo localizada.

Buscas para encontrar a sacola foram realizadas e os policiais lograram êxito. No interior encontraram 38 invólucros plásticos com maconha (134 gramas), quatro pinos (tipo Eppendorf) com cocaína (2,88 gramas) e uma quantidade significativa de pinos vazios. A dupla recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, para os procedimentos legais.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários