Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Polícia Civil prende “gerente” de organização criminosa em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Jovem, de 25 anos, com extensa ficha criminal, havia sido designado para comandar as ações no município após prisão de comparsa no mês de setembro

Prisão aconteceu na noite e na área central
Foto: Divulgação

Agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, deram mais golpe certeiro em uma das organizações que domina as ações criminosas em Guaporé e municípios da região. Coordenados pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, os policiais cumpriram mandado de prisão na noite da quinta-feira, dia 8 de outubro, e colocaram atrás das grades um jovem, de 25 anos. A ação aconteceu na Avenida Monsenhor Scalabrini, proximidades das agências bancárias do Bradesco e Banco do Brasil, por volta das 21h30min, enquanto o criminoso caminhava na companhia da namorada e do cunhado. Ele, natural de Muçum, não resistiu à investida dos policiais.

Conforme informações apuradas, o jovem, com passagens pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas, roubo, lesão, ameaça, receptação e latrocínio, havia sido designado pelo chefe da organização para comandar todas as atividades ilícitas do grupo. Ele estava na cidade para “gerenciar”, após o comparsa (apenado da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas –PASC- monitorado por tornozeleira eletrônica), considerado o número 2, ser novamente encaminhado ao sistema prisional gaúcho em ação da polícia civil no bairro São José, na metade do mês de setembro. O criminoso, preso na noite da quinta pelos policiais civis em plena área central, havia sido condenado a seis anos e dois meses por tráfico de drogas. A sentença condenatória havia sido expedida pela Vara de Execuções Criminais Regional de Santa Cruz do Sul.

“Mais uma ação exitosa no combate à criminalidade executada pela dedicada equipe da Delegacia de Polícia de Guaporé. Assim como em outras oportunidades, contamos mais uma vez com informações valorosas da comunidade guaporense. Não podemos estar 24 horas em todos os lugares, por isso é extremamente importante essa colaboração. Pessoas de bem que querem paz e tranquilidade no seu dia a dia tem nos auxiliado. Somos gratos e esperamos que continuem”, destacou o delegado Albuquerque que reforça os contatos 197, (54) 3443.1123 e o aplicativo de mensagens instantâneas (WhatsApp) (54) 9. 8409.8348.

Após receber voz de prisão, o criminoso foi conduzido para a DP de Guaporé para os procedimentos legais. Posteriormente foi encaminhado para o Presídio Estadual para o cumprimento da pena.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários