Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Bombeiros de Guaporé combatem fogo em apartamento

por André Fabio Bresolin

Não descarta-se uma explosão na lareira à gás

O Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé, combateu no final da manhã do domingo, dia 4 de agosto, um incêndio em apartamento na área central do município. Por volta das 11h20min, moradores do Residencial Campestre, n.°1155, sentiram um forte cheiro de queimado e perceberam que uma densa fumaça escura saia do apartamento 402, último andar (fundos).

Um deles se aproximou da porta e chamou pelos vizinhos - moram no imóvel um jovem casal e uma criança, mas ninguém respondeu. O temor é que estivessem asfixiados. Assustado, ele conseguiu abrir a porta e percebeu que não havia ninguém em casa. A quantidade de fumaça e fogo era grande. Diante da situação, os moradores do prédio acionaram os bombeiros que rapidamente se deslocaram.

Ao chegar, a guarnição composta pelo sargento Cruz e soldados Cleiton e Giancarlo, começou o controle das chamas que consumiram o sofá, cortina e outros objetos da sala. Foram mais de 1,2 mil litros de água para o combate e rescaldo. Os bombeiros também salvaram o animal de estimação (gato) que se refugiou na sacada. O fogo iniciou com a lareira ecológica.

Para os bombeiros, conforme os proprietários, as hipóteses para o incêndio são: o animal de estimação ter pulado e derrubado a lareira que espalhou álcool (etanol) no sofá e cortina; pode ter levado uma toalha/pano para cima da lareira; ou a mesma ter sido derrubada pela força do vento já que a janela estava aberta. Não descarta-se uma explosão, fato registrado no Rio Grande do Sul há poucas semanas.

"Felizmente ninguém estava no apartamento no momento do sinistro. Alertamos as pessoas para que não deixem lareiras ou qualquer outro aparelho, como, por exemplo, máquina de lavar ou secar, ligado quando não estiver em casa. Mesmo que por pouco tempo de saída, é um perigo", destacaram os bombeiros que estiveram no controle do incêndio.

O combate durou cerca de 45 minutos. Moradores vizinhos realizam um mutirão para colaborar na limpeza do imóvel que ficou com as paredes pretas da fuligem e fumaça.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários