Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em tentativa de homicídio, jovem é esfaqueado no bairro Nossa Senhora da Paz em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Com 20 anos, rapaz foi encontrado com vários cortes pelo corpo, em especial nos braços e na cabeça. Atendido, ele não corre risco de morte

Foto: Divulgação

As forças da segurança pública (Brigada Militar e Polícia Civil) registraram na manhã do domingo, dia 2 de maio, por volta das 9h45min, uma tentativa de homicídio no bairro Nossa Senhora da Paz (Promorar), em Guaporé. Um jovem, de 20 anos, foi encontrado com diversos ferimentos provocados por uma faca em uma residência na rua Luiza Hack Pasquali.

Conforme informações, policiais do 4º Pelotão da BM, coordenados pelo tenente Júlio César de Oliveira Greff, foram comunicados na Central de Operações (Telefone 190) que um jovem havia sido esfaqueado, apresentando múltiplas lesões. Ele estava deitado num colchão com muito sangue espalhado pelo corpo e em várias partes do cômodo. A arma branca foi deixada pelos criminosos no local. Os autores não foram identificados e não há detalhes da hora exata da ação delituosa. O sangue estava seco quando o rapaz foi encontrado.

O jovem foi removido pela guarnição do 3º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), comandada pelo sargento Rebello, para o Hospital Manoel Francisco Guerreiro. Na casa de saúde foi atendido pelo médico plantonista e, posteriormente, pelo médico-cirurgião. Devido à gravidade dos múltiplos ferimentos provocados pela arma branca - couro cabeludo, lesão ocular e pálpebras, braços e membros inferiores (tórax), a equipe encaminhou-o para o bloco cirúrgico. Após todo o procedimento, o jovem foi encaminhado para o quarto onde recupera-se dos ferimentos, estando em observação. O caso inspira cuidados, conforme informaram os profissionais do Hospital de Guaporé.

A Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, comandada pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, abriu inquérito para apurar a motivação e a autoria do crime. As atividades estão a cargo da equipe do Setor de Investigação. Informações, sempre com sigilo total dos denunciantes, podem ser repassadas para os telefones 3443.1123 ou 197, como também através de mensagens instantâneas no WhatsApp (54) 9.8409.8348.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais