Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

“O que acontece de imprudência na ERS-129 é de não acreditar”, relata motorista que trafega diariamente pela rodovia

por Eduardo Cover Godinho

Ultrapassagens em pontos proibidos e alta velocidade são as principais situações verificadas

Condutores, por vezes, colocam a vida em risco para chegar no destino antes
Foto: Eduardo Cover Godinho

Transitar pelas rodovias gaúchas tem se tornado perigoso. Muitas, em especial as com cuidados de manutenção a cargo do Governo do Rio Grande do Sul, apresentam imperfeições no pavimento asfáltico e, se não bastasse esse problema, motoristas, por inúmeras vezes, desrespeitam as leis, excedem o limite ao transitar e provocam acidentes de trânsito que por vezes ceifam vidas. Em trechos sinuosos, como entre Muçum e Guaporé na ERS-129, Dois Lajeados e Bento Gonçalves na ERS-431, Guaporé e Vista Alegre do Prata na ERS-441 e entre Serafina Corrêa e o Balneário do Camping do Carreiro na VRS-851, a atenção ao dirigir deve ser ainda maior.

Na ERS-129, a mais movimentada das vias da região, os acidentes são frequentes e, infelizmente, muitos com lesões graves ou morte nos ocupantes dos veículos. Um condutor, que diariamente realiza o trecho entre Guaporé e Serafina Corrêa, relata que a imprudência dos condutores é constante, e a maior causadora das tragédias.

“O que acontece de imprudência na ERS-129 é de não acreditar. Percebo, ao transitar pela rodovia, que os motoristas para ganhar ‘dois minutos’ a mais, colocam sua vida e a dos outros em risco”, disse.

O motorista, que prefere não se identificar, manda um recado para todos que forem pegar a estrada para as curtir as férias ou a trabalho.

“Tenham cuidado e pensem bem se ‘dois minutos a mais ou a menos’ vão fazer diferença em sua vida. Tenham cuidado. Do outro lado pode ter uma família que não tem nada a ver com a tua imprudência”, afirmou.

Das cinco mortes registradas em estradas estaduais, sob responsabilidade dos policiais rodoviários, no feriadão de Natal, duas delas foram na ERS-129. Na virada do ano, não houveram registros de morte e acidentes graves nas rodovias ERS-129, 431, 441 e VRS-851.

Dicas

O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) pede que os condutores que trafegam pelas rodovias gaúchas tenham cuidado e respeitem o próximo. Dicas de segurança são amplamente divulgadas e são conhecidas de todos: “Na dúvida, não ultrapasse”; “Não transite pelo acostamento”; “Não use o celular enquanto dirige”; “Se beber, não dirija”; “Use cinto de segurança – Ele salva vidas!”; “Revise seu veículo”; “Dirija com segurança!”.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários