Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Brigada Militar efetua prisão de homem por embriaguez ao volante, desacato e resistência em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Condutor, de 36 anos, quase colidiu seu automóvel Volkswagen Golf na viatura da Força Tática (FT) ao efetuar uma ultrapassagem

Homem, após detido, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civis (DP), de Marau
Foto: Brigada Militar/Força Tática

Policiais da Brigada Militar (BM), equipe da Força Tática (FT) - pertencente ao 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT), prenderam na noite do sábado, dia 1º de maio - feriado em homenagem ao Dia do Trabalho/Trabalhador, o condutor de um veículo, de 36 anos, por embriaguez ao volante, desacato a autoridade policial e resistência à abordagem. O fato aconteceu por volta das 20 horas na rua Lino Nino Goron, bairro Planalto (Capela Nossa Senhora Aparecida), em Guaporé.

A guarnição da FT realizava o patrulhamento nas vias urbanas da localidade para o combate à criminalidade quando foi surpreendida por um automóvel Volkswagen Golf, emplacado em Guaporé, que, por muito pouco, não colidiu com a viatura. No momento, o condutor efetuava uma ultrapassagem. De imediato, os policiais realizaram o acompanhamento, inclusive com o uso do giro flash e sirenes, porém, o motorista negava-se a parar. Isso somente aconteceu em frente a sua residência.

A abordagem foi realizada, mas ele desobedeceu às ordens e, de quebra, desacatou os policiais. O uso progressivo da força, com a utilização da pistola de choque (Pistola Spark), foi necessário, porém, o homem empreendeu fuga pelos terrenos vizinhos, caindo diversas vezes, sendo, posteriormente, alcançado.

Depois de detido e receber voz de prisão, os policiais ofertaram ao motorista o teste do etilômetro (Bafômetro). Este negou-se a realizá-lo. A embriaguez foi comprovada por termo de constatação de sinais de alteração da capacidade psicomotora (documento previsto na Resolução n.° 432 do Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN), imagens de vídeo e prontuário médico do Hospital Manoel Francisco Guerreiro.

Diante da situação, o homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, para o registro do flagrante por embriaguez ao volante. A autoridade policial arbitrou fiança no valor de R$ 1,5 mil. Familiares efetuaram o pagamento, sendo ele liberado. O Golf, após a lavratura das autuações, foi recolhido para o pátio do guincho credenciado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RS).

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais